Defesa de Cabral convoca ex-secretário e atual da Fazenda como testemunha

Depoimentos de Julio Bueno e Rodrigo Vieira serão conduzidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal

Por O Dia

Rio - A Justiça vai ouvir nesta segunda-feira o ex-secretário estadual de Fazenda Julio Bueno e o atual Rodrigo Vieira. A dupla foi convocada como testemunha de defesa no processo contra o ex-governador Sérgio Cabral. Caso investigado envolve atos de corrupção nas obras do Arco Metropolitano e da Linha 4 do metrô, que liga Zona Sul a Barra da Tijuca e custou cerca de R$ 10,4 bilhões, o dobro do valor estimado inicialmente.

De acordo com o Ministério Público, os depoimentos serão conduzidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal. A denúncia do Ministério Público Federal (MPF) é baseada na delação premiada feita pela construtora Carioca Engenharia. Segundo o relato, 10 réus teriam recebido aproximadamente R$ 47 milhões para garantir a empresa em licitações e fazer vista grossa para superfaturamentos.

Na defesa, os advogados alegam que nenhum valor foi repassado para o ex-governador do Rio, apenas para campanha política. Já o MPF garante que existem registros do pagamento de valores via Caixa 2 nas obras da Linha 4, do Arco e do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Segundo o órgão, Cabral teria recebido, mensalmente, R$ 500 mil entre março de 2008 e abril de 2014.

Últimas de Rio De Janeiro