Mais Lidas

A 15 dias do Natal, Rio está pouco enfeitado

Mas há quem não dispense clima natalino

Por gabriela.mattos

Rio - Faltam 15 dias para a festa que celebra o nascimento de Cristo, mas a impressão é de que o "espírito natalino" ainda não baixou com força total ainda sobre o Rio. As varandas, janelas e fachadas enfeitadas, tão comuns nessa época, são cenas raras na cidade. "Meu condomínio tem três ou quatro casas decoradas de um total de 60. É pouco para esse período", conta o professor de Marketing da Mackenzie-RJ, Alexandre Coelho.

A Prefeitura do Rio programou, para o ano que vem, atrações para celebrar o Natal. O retorno da Árvore da Lagoa, que já não brilha há dois natais, é uma delas. Mas este ano, a Lagoa não terá a paisagem alterada.

Parque Residencial Eldorado%2C na Tijuca%2C tem tradição em imagens natalinas iluminadasAlexandre Brum / Agência O Dia

O professor de Economia Marcelo Anache vê números por trás do desânimo. A retração da economia, o alto índice de desemprego, a queda de arrecadação e a falta de investimentos estão entre os itens que causam o adiamento dos preparativos para a festividade. "Os servidores sem receber, e mesmo a parcela de trabalhadores que consegue ganhar salário em dia, está reticente em consumir, preferindo guardar ou quitar dívidas. O amanhã é muito incerto e isso se reflete nas ruas e nas casas".

O professor Alexandre Coelho acrescenta à lista de Anache, o fato de a cidade estar violenta. Para ele, os tempos que vivemos produz um sentimento negativo tão grande, que as pessoas têm vergonha de mostrar que estão felizes. "Isso torna a manifestação de alegria constrangedora, porque destoa do coletivo e nós somos tribais".

Padre monta presépio de protesto

Padre monta presépio de protestoSeverino Silva / Agência O Dia

Na Praça da Glória, um presépio em formato de protesto. Montado pelo padre Wanderson José Guedes, da paróquia Sagrado Coração de Jesus da Glória, a obra chama a atenção para uma das principais razões do baixo astral fluminense: a corrupção. "O presépio vem com a crítica ao momento político, ao Poder da Corrupção que se instalou no país e está acima dos demais poderes", explicou o padre. A obra conta com 72 peças esculpidas pelo próprio padre. "Acho que os religiosos estão um pouco omissos nesse processo político. A própria igreja está meio tímida para denunciar isso", reclama.

Cidade Imperial está brilhando

Cidade Imperial iluminada%2C PetrópolisDivulgação

?Enquanto na capital as luzes de Natal são contadas nos dedos, Petrópolis, na Região Serrana, está brilhando. A cidade imperial está completamente decorada. Além da iluminação especial, vários eventos estão ocorrendo para comemorar o nascimento de Cristo. Na Cidade do Rio, um dos pontos mais iluminados é o Condomínio Parque Residencial Eldorado, na Tijuca. O administrador Paulo Scalercio acredita que a crise não pode ser mais forte do que o encanto do Natal. "A reação das pessoas, especialmente crianças e idosos, quando vêem a decoração, chega a emocionar", justificou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia