Por luana.benedito

Rio - O Ministério da Educação liberou R$ 8,6 milhões, na manhã desta quarta-feira, para a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). De acordo com o reitor da instituição de ensino, R$ 4,6 milhões vão para o Hospital do Fundão — referência no tratamento de várias doenças e no treinamento de novos médicos — e R$ 4 milhões para a construção de módulos pré-moldados para uma residência estudantil.

O ministro da Educação Mendonça Filho Roberto Leher, na sede do MEC, em Brasília, para anunciar o repasse da verba. Em agosto deste ano, após um incêndio, um alojamento da UFRJ, na Ilha do Fundão, Zona Norte do Riom, teve várias instalações danificadas.

De acordo com reitor, verba será destinada para construção de residência estudantilSeverino Silva / Agência O Dia

Roberto Leher afirmou ainda que a verba vai possibilitar que 540 alunos, de todos os cursos da universidade, sejam beneficiados. “Nós estamos buscando soluções emergenciais e uma das alternativas que encontramos foi justamente a aquisição de módulos habitacionais, pré-moldados”. O reitor lembrou que os pré-moldados são feitos com a expectativa de duração de aproximadamente 10 anos.

Já os R$ 4 milhões para o Hospital Universitário do Fundão serão usados, basicamente, para complementar o pagamento de trabalhadores não concursados, chamados de extraquadro e que ainda permanecem no hospital. “Esse recurso vai possibilitar a manutenção do funcionamento de um grande hospital universitário, que é o Hospital do Fundão, uma referência no Brasil inteiro em termos de alta complexidade”, avaliou Leher.


Você pode gostar