PM recupera carga avaliada em quase R$ 200 mil na Avenida Brasil

Veículo transportava produtos de limpeza. Bandidos conseguiram fugir

Por O Dia

Rio - Policiais do 41º BPM (Irajá) recuperaram um caminhão roubado com uma carga avaliada em quase R$ 200 mil, na manhã desta quinta-feira, na Avenida Brasil, na altura da Fazenda Botafogo, Zona Norte do Rio. O veículo transportava produtos de limpeza. A informação foi divulgada no Twitter da corporação.

Não houve registros de feridos e troca de tiros no local. De acordo com o batalhão, os bandidos conseguiram fugir ao serem flagrados pelos policiais.

PM recuperou caminhão roubado na Fazenda BotafogoDivulgação

Caminhoneiro sequestrado desabafa e diz que não volta ao Rio

?"São dez anos como caminhoneiro, já fiz muito frete para o Rio de Janeiro, mas para mim chega". O desabafo é de Alair Fernandes de Oliveira, 49 anos. Na manhã desta terça-feira, o caminhoneiro que transportava uma carga de filé de frango, avaliada em cerca de R$ 100.000,00 foi sequestrado junto a sua esposa e levado por bandidos para a comunidade da Kelson's, na Penha, por duas horas. Em 2017, já foram contabilizados 8.508 assaltos roubos de cargas, de acordo com o Instituto de Segurança Pública (ISP).

O caminhoneiro vinha de Santa Catarina quando foi abordado na Avenida Brasil, no sentido Caju. Acompanhado de uma escolta de moto, mas sem armamento, a carga sofreu o ataque de bandidos que bloquearam a passagem do veículo com um carro branco. Um bandido invadiu o caminhão e ordenou o trajeto para a comunidade do Complexo da Penha.

"No momento não vi arma, mas o carro que estava na frente estava com quatro homens. Eles não mexeram comigo nem com a minha esposa, só na carga. Um ficava vigiando a gente, não deixando sair e o grupo foi mexer lá atrás. Levaram acho que uns R$ 20 mil", relata Alair.

Ao mudar a rota, a seguradora foi avisada. A escolta avisou aos Policiais do Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE) que junto a equipe do PMs do 16º iniciaram a operação para resgatar as vítimas. Sem confronto com os criminosos, quatro viaturas e um blindado participaram da ação. Segundo relato do caminhoneiro, fogos de artifício avisaram a chegada dos policiais. O casal foi escoltado para a Cidade da Polícia, onde prestou queixa.

Últimas de Rio De Janeiro