Vandalismo, confronto e agressões marcam final entre Flamengo e Independiente

Pelo menos 16 pessoas foram presas após a confusão no fim da partida no estádio do Maracanã

Por O Dia

Rio - Cenário de guerra. Este foi a percepção de quem foi assistir a final entre Flamengo e Independiente no Macaranã, na noite desta quarta-feira. Agressões, roubo, vandalismo marcaram a saída dos torcedores nos arredores do estádio. Pelo menos 16 pessoas foram presas após a confusão.

Mesmo com o grande reforço no policiamento da PM feito pelos batalhões de Policiamento em Grandes Eventos (BPGE), de Choque, Regimento de Polícia Montada (RPMont) e do 6º BPM (Tijuca), torcedores depredaram ônibus, invadiram o Maracanã e brigaram na região.

Confusão envolvendo torcedores foi registrada antes e depois da partida no MaracanãAlexandre Brum / Agência O Dia

Bombas de efeito moral, gás lacrimogênio e jatos de água foram usados para dispersar os baderneiros, que respondiam com garrafas, fogos de artifício e sinalizadores. Sobrou até para quem somente tinha ido assistir com a família a partida.

Logo na chegada do time argentino ao Maracanã o ônibus da delegação foi depredado. Torcedores do Independiente foram agredidos por flamenguistas quando chegavam para a partida. 

Ônibus com delegação do Independiente foi depredado por vândalos na chegada ao MaracanãAlexandre Brum / Agência O Dia

Um grupo de torcedores do Flamengo destruiu uma entrada no acesso Norte e invadiu o estádio sem ingressos. Vias no entorno do Maracanã foram fechadas por conta da confusão. 

Próximo ao portão D, um policial foi ferido com uma garrafada na cabeça e outro teve ferimento na mão. Uma viatura foi apedrejada no portão A sem deixar feridos. Os policiais foram encaminhados ao Hospital Central da Polícia Militar (HCPM) e passam bem.

No final da partida, mais confusão no entorno do estádio. Torcedores entraram em confronto com a polícia e destruíam tudo o que viam pela frente.  O motorista de um carro que atropelou um torcedor desceu do veículo e acabou agredido e roubado. A PM interviu com bombas de gás lacrimogênio. 

Motorista atropelou um torcedor. Após parar para prestar socorro foi agredido e roubadoReprodução TV Globo

Na SuperVia, seis trens dos ramais Santa Cruz, Japeri e Gramacho foram destruídos por vândalos. De acordo com a concessionária, foram 54 janelas destruídas, um visor de TV quebrado e uma luminária arrancada. Todos as composições devem voltar a circular na tarde de hoje. Os casos serão registrados na polícia.

De acordo com a polícia, oito invadiram as áreas restritas do estádio e um homem estava com dez artefatos explosivos próximo ao portão F. Dois cambistas foram presos por policiais do 6ºBPM (Tijuca), sendo um deles reconhecido por um torcedor por ter praticado roubo. Policiais do Choque prenderam três homens na Avenida Radial Oeste após roubo a um torcedor, sendo os pertences da vítima recuperados. As ocorrências foram registradas na 18ºDP (Praça da Bandeira) e no  Juizado Especial Criminal (Jecrim) do Maracanã.

FlamengoAFP


Últimas de Rio De Janeiro