Marinha vai apurar as causas do desaparecimento de homem no mar na Ilha Grande

Ainda foi emitido um Aviso aos Navegantes para que as embarcações que passem próximo ao local ajudem nas buscas por Alexandre Borba

Por O Dia

Rio - A Marinha do Brasil vai instaurar um Inquérito para investigar as causas e as responsabilidades pelo desaparecimento de Alexandre Borba, 51 anos, visto pela última vez na sexta-feira, em Ilha Grande, no muncípio de Angra dos Reis.

Alexandre Borba está desaparecido em Ilha GrandeReprodução Facebook

Em nota, a Marinha informou que está participando das buscas, desde sábado, através de equipes enviadas pela Delegacia da Capitania dos Portos em Angra dos Reis (DelAReis) e em Itacurucá (Delltacuruça). Ainda foi emitido um Aviso aos Navegantes para que as embarcações que passem nas proximidades apoiem as buscas.

O barco “Nascer do Sol” foi encontrado à deriva, na sexta-feira, por um barco pesqueiro e foi rebocado até Ilha Grande, no Rio de Janeiro. Desde então, os bombeiros e a Polícia Civil estão realizando buscas e investigando o desaparecimento do condutor, Alexandre Borba. O caso foi classificado como “misterioso” pela 166ª DP (Angra dos Reis).

Segundo informações da Polícia Civil, Alexandre foi visto pela última vez na sexta-feira, por volta das 14h. Ele partiu sozinho na embarcação “Nascer do Sol” de Conceição de Jacareí, em Mangaratiba, em direção à Praia das Palmas.

A embarcação estava com o motor ligado, com a chave na ignição, sem sinais de colisão e com pertences pessoais de Alexandre, como celular, roupas, rádio, documentos, além de dois galões de combustível. No momento da localização, esses dois recipientes estavam no mar junto com uma sacola de roupas.

Segundo informações da polícia, havia vestígios de que o barco tinha sido revirado. Uma cavidade localizada na proa da embarcação ainda estava violada.

O filho de Alexandre, morador do Rio, foi avisado sobre o desaparecimento pelos próprios pescadores que localizaram o barco. A polícia declarou que o homem era bastante conhecido na região. O filho entrou em contato com a polícia, registrou o desaparecimento e as buscas começaram.

Reportagem da estagiária Alice Cravo sob supervisão de Thiago Antunes 

Últimas de Rio De Janeiro