Ministro do Esporte inaugura núcleo de tênis para crianças no Parque Olímpico

Projeto tem parceria entre Autoridade de Governança do Legado Olímpico (AGLO) e o Rio Open

Por O Dia

Rio - O ministro do Esporte, Leonardo Picciani (PMDB-RJ), inaugurou nesta sexta-feira, o primeiro núcleo de um projeto Centro Olímpico de Tênis, no Parque Olímpico da Barra, na Zona Oeste do Rio, que vai ensinar tênis para crianças de escolas públicas da capital fluminense. 

De acordo com o ministério do Esporte, a fase inaugural do Núcleo Esportivo Rio Open vai beneficiar 50 crianças, na faixa etária de 6 a 11 anos, da escola pública Roberto Burle Marx, na Zona Oeste. As aulas começarão em fevereiro, quando se inicia o ano letivo, e serão realizadas duas vezes por semana, às terças e quintas.

Leonardo Picciani Divulgação

O programa é uma parceria entre a Autoridade de Governança do Legado Olímpico (AGLO) e o Rio Open, principal torneio da América do Sul, as quadras do Parque Olímpico passarão a revelar talentos para o tênis brasileiro.

“Hoje demos mais um importante passo na ampliação do legado olímpico voltado à população. É muito bacana estar com a garotada nas quadras de tênis do Parque Olímpico e levar para as crianças os bons exemplos que a prática esportiva proporciona: foco, determinação e objetivo”, disse o ministro do Esporte, Leonardo Picciani, que participou do lançamento do projeto.

Segundo o Núcleo Esportivo Rio Open, os objetivos são, além da iniciação no tênis, a inclusão social por meio do esporte, o desenvolvimento físico e mental e a ativação do legado olímpico. Os alunos serão supervisionados por profissionais capacitados, passarão por exames médicos e terão alimentação no local. Nesta sexta-feira, as crianças ganharam a oportunidade de bater bola com Fabiano de Paula, tenista da Rocinha que está próximo a entrar no top 100 de duplas do ranking mundial.

Após atingir a idade limite do núcleo, as crianças que se destacarem nas aulas serão direcionadas para centros de treinamento de alto rendimento no Rio de Janeiro.

Últimas de Rio De Janeiro