Adriana Ancelmo deixa cadeia em Benfica para cumprir prisão domiciliar

Ex-primeira dama saiu da cadeia após uma decisão do ministro do STF Gilmar Mendes

Por O Dia

Rio - A ex-primeira dama Adriana Ancelmo deixou a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, Zona Norte do Rio, na manhã desta terça-feira. Após decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, a mulher do ex-governador Sérgio Cabral voltará a cumprir prisão domiciliar.

Adriana Ancelmo estava presa na mesma cadeia que o marido, Sérgio CabralWILTON JUNIOR / ESTADAO

Adriana foi presa pela primeira vez em dezembro de 2016, durante a Operação Calicute, um desdobramento da Lava Jato no Rio. Na mesma ação, Cabral também foi preso. Até o mês passado, a advogada cumpria prisão domiciliar, mas voltou à cadeia de Benfica depois de uma decisão do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2). O marido está preso na mesma cadeia.

Em setembro, Adriana foi condenada a 18 anos e 3 meses de prisão pelo crime de lavagem dinheiro e por ser beneficiária do esquema de corrupção comandado pelo ex-governador. A Calicute investiga o desvio de recursos públicos em obras realizadas pelo governo fluminense com empreiteiras no estado.

Últimas de Rio De Janeiro