MP denuncia casal por roubar e matar idoso em Campo Grande

Lumara de Almeida, que mantinha relacionamento com a vítima, deixou seu marido entrar na casa e os dois deram facadas no idoso

Por O Dia

Rio - O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) denunciou à Justiça, nesta quinta-feira, um casal acusado de roubar e matar o idoso Haroldo da Silva Conde Pará, de 79 anos, em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio. O crime ocorreu na madrugada do dia 15 de outubro deste ano. 

Segundo o órgão, Lumara de Almeida Braga é mulher de Anderson Tayrone de Souza Venâncio, mas mantinha um relacionamento extraconjugal com a vítima há três anos. Lumara já havia sido empregada doméstica do idoso. Na noite do crime, ela facilitou a entrada de Anderson na casa. Haroldo foi agredido com golpes de pratos e da cadeira de balanço. Ele foi morto a facadas e o casal roubou uma televisão de 42 polegadas.

Além da denúncia, o MP também pediu a prisão preventiva dos acusados. "O delito foi perpetrado à traição – havendo a denunciada se valido da relação íntima que mantinha com a vítima para que, com seu comparsa, ganhasse acesso à sua residência e a matasse – e com emprego de meio cruel, a saber, o brutal desfecho, contra o senhor de setenta e nove anos de idade, de mais de três dezenas de facadas, bem como de golpes com pratos e até mesmo com uma cadeira de balanço”, diz trecho da denúncia.