Galeão espera quase 1 milhão de passageiros nas festas de fim de ano

Expectativa é que em cada circulem pelo Aeroporto do Galeão entre 62 mil e 64 mil passageiros

Por O Dia

Rio - O RIOgaleão, concessionária que administra o Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro-Galeão – Antônio Carlos Jobim, informou que 955,5 mil passageiros devem circular pelo terminal no período de festas de fim de ano, que vai até 2 de janeiro. Isso representa aumento de 2% em comparação com igual período do ano passado. São esperados 5,2 mil movimentos de chegada e partida de aeronaves.

Para a alta temporada, que engloba o início do verão, nesta quinta-feira, e se estende até depois do carnaval, a expansão de assentos ofertados deve atingir 5%, ou cerca de 500 mil pessoas a mais, com movimentação em torno de 9 milhões de passageiros, de acordo com estimativa da RIOgaleão.. A concessionária atribuiu parte desse crescimento às novas companhias aéreas que passarão a atuar com voos internacionais para a Europa, os Estados Unidos, a América do Sul e a África.

Segundo a RIOgaleão%2C movimento no terminal será 2% maior que o do ano passadoTomaz Silva / Agência Brasil

Durante o período de festas, as maiores movimentações foram nos dias 21 e 22 para o Natal, e nos dias 28 e 29, para os que buscam o Réveillon. Também no dia 2 de janeiro, que marca o retorno dos visitantes, é previsto movimento intenso. A expectativa é que em cada um desses dias circulem pelo Aeroporto do Galeão entre 62 mil e 64 mil passageiros.

Para marcar o início do verão, haverá apresentação gratuita hoje no aeroporto, às 19h, da Orquestra Johann Sebastian Rio, com regência do maestro Felipe Prazeres e participação da soprano Lina Mendes. Árvores de natal foram espalhadas pelo terminal, com bolas de papel em que os passageiros podem escrever mensagens dizendo o que desejam para o próximo ano.

As projeções são de que, em 2018, haverá aumento de 8% na oferta de assentos de voos com destino à Europa e aos Estados Unidos e de 3% para a América Latina. A concessionária assumiu a administração do aeroporto em agosto de 2014. O contrato de concessão é de 25 anos, prevendo-se investimentos, nesse período, de R$ 5,2 bilhões na unidade.

No dia 20, a RIOgaleão pagou ao governo federal de R$ 2,5 bilhões, correspondentes à outorga de 2017 e à antecipação das outorgas de 2018 e 2019, além de parte de 2020, que será complementada em junho do ano que vem com mais R$ 1 bilhão. O aeroporto tem 21 companhias aéreas internacionais e quatro domésticas operando para 27 destinos nacionais e 29 no exterior. 

Últimas de Rio De Janeiro