Pode chegar que a casa é toda nossa

Para ampliar a capacidade de hospedagem para os Jogos, moradores de Nikity poderão receber turistas e faturar com isso

Por O Dia

Niterói - Niterói já se prepara para acomodar quem vem de longe para os Jogos Olímpicos. Durante a Copa de 2015, 100% da rede hoteleira e pousadas da nossa terrinha foram ocupados, mas dessa vez eles não serão os únicos anfitriões. Com incentivo da Neltur, moradores da cidade também poderão se adaptar para oferecer estalagens no estilo ‘cama e café’ à turistada e faturar uma graninha. 

O casal Laura e Rodrigo%2C dono da Itaquá House%2C já tem procura para a época dos Jogos Olímpicos. Por lá%2C a ideia é que todos se sintam em casaDivulgação / Rodrigo Paes

De acordo com as regras do Ministério do Turismo, para oferecer uma hospedagem ‘cama e café’, é preciso ter até três quartos para uso turístico, com serviços de café da manhã e limpeza, e o proprietário precisa morar na mesma residência.

Por aqui, quem lidera a categoria no aplicativo Trip Advisor é o Itaquá House, eles estão em primeiro lugar entre as 46 hospedagens avaliadas. Fica em um cantinho aconchegante no caminho para a praia de Itacoatiara que faz qualquer um se sentir em casa. Os anfitriões por lá são o carioca, Rodrigo Paes, a gaúcha Laura Nedel e o Mané, um simpático pug.

O casal faz questão de receber bem seus ‘amigos’, como chamam os hóspedes e Laura diz que já tem procura para os Jogos. “Mas não preparamos nada especial para esse período. Aqui a ideia é mesmo fazer as pessoas se sentirem em casa”, esclarece a gaúcha. 

Guida reúne amigos e hóspedes no Icaraí Hostel Reprodução Internet

Os hostels (ou albergues) têm acomodações bem parecidas com o ‘cama e café’. Dono do Icaraí Hostel, Felippe Guida diz que também já tem reservas para as Olimpíadas, mas garante que o hábito de deixar tudo para a última hora, não é exclusividade do Brasileiro.

“Quando os hotéis do Rio lotam, os turistas correm para Niterói”, conta, ressaltando que as diárias custam até três vezes menos que as de um hotel.

A Neltur divulgou que ainda não definiu data para o cadastramento das pessoas interessadas em participar do programa ‘cama e café’.

Presidente do órgão, José Haddad diz que é importante incluir a cidade no roteiro. “Vamos estimular o turista a se hospedar em nossos hotéis. Depois seguimos com o programa ‘cama e café’. Serão 2,5 mil leitos disponíveis”, destaca.

Últimas de Rio De Janeiro