Campo de São Bento abrigará projeto de Experimentação Esportiva

Movimentos do Taekwondo serão demonstrados por alunos de todas as graduações na pista de patinação

Por O Dia

Niterói - A pista de patinação do Campo de São Bento vai virar tatame com direito a chutes, defesa pessoal e ‘quebração’ de madeira no próximo sábado. É que vai rolar a quarta edição do Experimentação Esportiva e a modalidade da vez é o taekwondo. E quem fará as honras será o mestre Ricardo Andrade, professor há 25 anos e praticante da arte marcial há 35.

Atleta de Itaboraí, Iris Tang Sing prática Taekwondo há mais de 10 anosEstefan Radovicz

Ele vai reunir seus alunos, desde os faixa branca aos faixa preta 5º dan (graduação além das faixas) para demonstrar golpes e falar um pouco da filosofia do esporte. “Quero mostrar a plasticidade de cada movimento através das técnicas ensinadas”, explica Andrade.

Além das apresentações, o público vai poder interagir e praticar um pouco da arte marcial coreana que, apesar de milenar, teve sua estreia com medalhas nas Olimpíadas de Sydney 2000.

O objetivo é atingir o adversário no tronco e na cabeça com chutes e socos que valem de um a quatro pontosFlavio Saturnino

Andrade é um profissional tradicional do taekwondo na terrinha. E garante que não deixa de lado a parte teórica em suas aulas. “A personalidade do aluno conta muito. Sigo uma linha de quatro pilares básicos que são a ética, o respeito, a honra e a educação”, ressalta.

De acordo com a Confederação Brasileira de Taekwondo, o país tem cerca de 30 mil praticantes da modalidade, sendo que desses, apenas 4 mil são cadastrados.

Ricardo Andrade tem cerca de 100 alunos de cinco a 50 anos de idade. As aulas acontecem toda segunda, quarta e sexta, das 18h45 às 20h, na academia Symbol, em Icaraí. O valor da mensalidade varia de acordo com a idade do aluno.

Últimas de Rio De Janeiro