Por paola.lucas

Niterói - Muitas novidades turísticas estão surgindo por aqui com a aproximação do início da Olimpíada no Rio. Mas também é de extrema importância garantir uma segurança efetiva e de qualidade para quem vier conhecer a cidade nesse período. De acordo com os últimos dados divulgados pelo Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro, somente em Niterói, o número de homicídio saltou de 17 no primeiro trimestre de 2015 para 34 no mesmo período desse ano. Diante desses números, prefeitura e Neltur se mobilizam para mudar o cenário.

Cerca de 50 agentes da GM participaram de treinamento especial na última semana. Objetivo é reduzir o descompasso entre novos e antigos guardasDivulgação / Hugo Brettas

A Guarda Municipal (GM), em parceria com a Neltur, iniciou na última terça-feira um treinamento para atualizar os funcionários mais antigos no posto. Coordenador de cursos de qualificação da GM, Marcelo Costa diz que a proposta visa diminuir o descompasso entre os guardas recém aprovados no concurso de 2014 e os que já têm mais tempo de casa, de 11 a 21 anos na profissão. “Essa turma nova já chega com esse treinamento em dia”, disse.

A primeira aula, para cerca de 50 guardas, foi comandada pelo presidente da Neltur, José Haddad, que considerou o treinamento oportuno e essencial no momento.

“É fundamental que se construa um agente público mais eficiente e produtivo dentro do que a sociedade aguarda, e para que se consiga modificar a imagem do servidor público, só através de capacitação mesmo”, justificou Haddad.

E a prefeitura vem lutando pelo aumento do efetivo policial da cidade. No início do mês, Rodrigo Neves participou de uma reunião com o atual governador do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles, onde reforçou o pedido de inclusão da cidade no planejamento de segurança durante os Jogos. Ele afirmou que, considerando que a cidade é a que mais vai abrigar delegações internacionais depois do Rio de Janeiro, o reforço é fundamental.

“Cerca de 40 delegações internacionais já confirmaram que vão se instalar na cidade, além dos milhares de visitantes. Portanto, Niterói precisa de um planejamento específico e, evidentemente, mais policiais. Nosso pedido de reforço é para que eles sejam disponibilizados não apenas para as Olimpíadas”, explicou.

Você pode gostar