Sinais inteligentes até outubro

Prefeitura espera que a fluidez no trânsito tenha melhora de 30% com os novos semáfaros

Por O Dia

Além das câmeras do Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) que ajudam no monitoramento em tempo real da cidade, os semáforos também vão entrar na onda da vigilância. Até outubro, parte dos sinais das 10 regiões que concentram os maiores engarrafamentos do município vão funcionar de forma sincronizada para melhorar o tráfego e dar mais agilidade no ‘start’ em casos de necessidade de serviços públicos.

Serão 190 semáforos inteligentes que vão acionar o sinal verde por mais tempo em uma área engarrafada, ou o vermelho para segurar o fluxo quando necessário, em caso de acidente, por exemplo, contribuindo para reduzir os congestionamentos.

A implantação do sistema, chamado de Centro de Controle de Operações (CCO da Mobilidade) vai custar R$ 19,1 milhões, dos R$ 26,47 milhões conquistados através do convênio com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), dentro do Programa de Desenvolvimento Urbano e Inclusão Social de Niterói, que prevê melhorias sociais, de infraestrutura e de mobilidade.

A implantação do novo sistema vai custar R%24 19%2C1 milhões ao municípioSeverino Silva

Ao todo, serão 212 câmeras, das quais 190 de monitoramento inteligente do trânsito e 22 de vigilância, essas com alcance de 360 graus.

Haverá, ainda, 14 painéis eletrônicos com informações úteis para os motoristas, como as condições de trânsito e o tempo de determinados trajetos.

O sistema vai atuar em Icaraí, Ingá, Fonseca, Centro, Santa Rosa, São Francisco, Charitas, Largo da Batalha, Barreto, Engenho do Mato e Região Oceânica. O prefeito Rodrigo Neves acredita que será possível melhorar em 30% a fluidez no trânsito, “ contribuindo para reduzir poluição e tempo de deslocamento.

Últimas de Rio De Janeiro