Mapa deve passar de mil propostas para o comércio

Empresários de Barra Mansa vão sugerir ideias na nona etapa

Por O Dia

Rio - O Mapa Estratégico do Comércio, do Sistema Fecomércio RJ, deve ultrapassar uma histórica marca de mil propostas apresentadas por empresários no Estado do Rio. Após oito rodadas, já foram reunidas 892 sugestões, numa média de 111 ideias por município. A nona etapa regional ocorrerá no Espaço M Eventos, em Barra Mansa, entre esta quinta e sexta-feira.

A projeção da marca histórica é feita pelos pesquisadores da FGV Projetos, que participam do projeto. “A meta é chegarmos a mil propostas em Barra Mansa. É uma quantidade simbólica importante. Agora, iniciaremos trabalhos e estudos paralelos para qualificar as propostas mais complexas. Uma delas é entender melhor uma proposta de revisão tributária para o setor”, argumenta Irineu Frare, coordenador da FGV Projetos.

Em oito rodadas%2C já foram reunidas 892 sugestões%3A média de 111 ideias por município%2C informa Fecomércio RJBanco de imagens

Os organizadores projetam um público de mais de 200 pessoas nos dois dias de palestras e discussões. “Vamos bater recorde de público. Empresários, deputados e representantes do poder público já confirmaram presença. A cidade está toda mobilizada para essa discussão”, analisa o empresário Alberto Pinto, presidente do Sindicato do Comércio Varejista (Sicomércio) de Barra Mansa.

Entre as propostas que serão apresentadas pelo setor durante o evento, destaque para a busca por alternativas para acelerar a retirada do pátio de manobra para trens e a criação de vias de acesso ao centro, viadutos e uma nova avenida, que devem gerar um acréscimo anual de R$ 500 milhões, segundo estimativa feita pelo próprio Sicomércio. O valor equivale a 10% do PIB do município, estimado em R$ 5 bilhões por ano.

O projeto está emperrado em ações na Justiça Federal para retirada de cerca de 40 imóveis, com pagamento de indenização para as famílias que vivem lá. Com isso, o pátio seria transferido para um local distante da área central de Barra Mansa.

Empresários também irão apresentar uma proposta para transferir a rodoviária do centro para um local próximo à Rodovia Presidente Dutra, criando uma rede de comércio que envolve restaurantes e lojas para atrair viajantes a consumir no município. O comércio é o setor que mais emprega na cidade, com cerca de 14 mil postos de trabalho.

Últimas de Rio De Janeiro