RioCard vai virar conta bancária virtual

No novo modelo, o usuário também poderá inserir créditos para efetuar pagamentos no varejo e saques, com direito a cheque especial

Por O Dia

Rio - O mesmo cartão usado para pagar o transporte público vai virar uma conta bancária virtual. Lançado em edição limitada para a Rio 2016, o RioCard Duo, que agregava ao bilhete de passagem a opção de fazer compras no débito, voltará a ser vendido com essas e outras facilidades. No novo modelo, o usuário também poderá inserir créditos para efetuar pagamentos no varejo e saques, com direito a cheque especial, além de receber depósitos de terceiros e salário. Tudo sem precisar abrir conta em banco.

A RioCard pretende lançar o cartão até novembro, em data ainda não definida. A edição será ilimitada. “Nosso objetivo é criar facilidades para o cliente e agregar cada vez mais serviços ao mesmo cartão”, explica o diretor executivo, Cassiano Rusycki.

A autônoma Fernanda Machado acha que o modelo Duo vai facilitar sua vida para receber pagamentosDivulgação

O cartão terá duas ‘carteiras’ pré-pagas, que poderão ser recarregadas, separadamente, nas lojas RioCard, em um site e aplicativo que estão sendo criados. Uma das contas funcionará como qualquer RioCard para acessar os transportes públicos em todo o estado. A outra será para efetuar compras, saques na rede 24Horas e receber depósitos, com abrangência nacional e internacional. As transações de recarga e depósitos serão feitas pelo usuário ou por terceiros. O Duo poderá ser cadastrado como Bilhete Único.

O produto servirá, por exemplo, para autônomos receberem por serviços prestados ou para pagamento de salários por pequenas empresas. “É prático, fácil de usar e oferece segurança”, destaca Cassiano.

Outra forma sugerida de uso é para pais, que poderão inserir créditos de transporte para os filhos, pagar mesadas ou fazer depósitos emergenciais. Para Cassiano, o modelo proporciona controle de despesas: “A pessoa decide depositar R$ 500 para usar no mês e sabe que é o máximo que vai poder gastar.”

O RioCard Duo será vendido no site que está sendo criado e nas lojas. O preço está sendo negociado. O usuário ou interessado em depositar para o titular poderá gerar um boleto e efetuar o pagamento na rede bancária ou em loterias. Será possível fazer três recargas diárias para a conta de compras, salário e saques, no total de R$ 5 mil.

A recarga mínima nessa modalidade é de R$ 200. Na função de transporte, a recarga máxima será R$ 2 mil, sem mínimo. Os créditos não expiram. Será permitido transferir recursos da carteira de compras para a de transportes, mas não o inverso. O banco Caruana fará a gestão dos créditos.

Desconto em pontos turísticos

Em breve, o usuário do RioCard Duo poderá ganhar um limite especial para compras e saques, cuja quantia será definida conforme avaliação prévia de cada cliente. A empresa também negocia parcerias para que o cartão viabilize acesso com desconto em pontos turísticos e eventos esportivos.

Segundo o diretor executivo, Cassiano Rusycki, até junho de 2017 será lançado o vale-transporte com conta salário. O modelo anunciado para mês que vem funciona como um cartão expresso, usado mediante senha, pois é pré-pago e não está associado ao benefício do vale-transporte.

A personal trainer Fernanda Machado, 31 anos, está ansiosa para adquirir a novidade. “Vai ser útil, porque eu trabalho como autônoma e, na maioria das vezes, recebo os pagamentos em cheque. Dá trabalho para depositar e sacar, porque a transação demora de três a cinco dias”, diz.


Últimas de Rio De Janeiro