Balão cai em cima de trem da SuperVia em Campo Grande

Objeto atingiu também um cabo que abastece com energia as composições do ramal Santa Cruz

Por O Dia

Balão caiu e atingiu um trem da SuperVia e um cabo de abastecimento de energia das composições do ramal Santa Cruz%2C em Campo GrandeDivulgação

Rio - Um balão caiu em cima de um trem e de um cabo que abastece com energia as composições do ramal Santa Cruz, da SuperVia, próximo à estação Benjamim do Monte, em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio. Técnicos da concessionária se deslocaram ao local, por volta das 7h20 deste sábado, após serem informados pelo Centro de Controle Operacional sobre o caso.

De acordo com a concessionária, o trem atingido pelo balão, que seguia em direção à Central do Brasil, teve a viagem interrompida, sendo liberado apenas após uma vistoria. A SuperVia disse ainda que o trabalho durou cerca de 15 minutos, no entanto, até que os técnicos chegassem ao local e liberassem a composição, passageiros tiveram que aguardar.

Além de afetar a viagem daquela composição, a queda do balão prejudicou toda a circulação no ramal Santa Cruz. Das 7h23 às 7h42, trens só puderam trafegar por uma das linhas na região, obrigando composições a aguardar ordem de circulação. A SuperVia disse que os intervalos não foram afetados.

Ainda nesta tarde, parte do balão ainda está sobre os cabos, mas a concessionária afirma que ela não interfere na circulação. Segundo a SuperVia, a retirada total só será feita após o término da operação para evitar interrupções do serviço.

"A SuperVia ressalta que soltar, fabricar, vender ou transportar balões é crime, de acordo com a Lei de Crimes Ambientais 9.605", afirmou a concessionária, em nota, repudiando ainda ações desta natureza, que "colocam em risco a operação do sistema ferroviário e a vida dos milhares de clientes e funcionários da empresa, bem como dos moradores das regiões vizinhas". Denúncias sobre soltura de balões podem ser feitas anonimamente pelo telefone 190 da Polícia Militar.

Últimas de Rio De Janeiro