Por thiago.antunes

Rio - O Governo do Estado do Rio de Janeiro inaugura, este mês, a rodovia Paraty-Cunha, na Serra da Bocaina. A estrada liga Paraty, na Costa Verde fluminense, a Cunha, no Vale do Paraíba, em São Paulo.

O término das obras, executadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ), órgão vinculado à Secretaria de Obras, tira do papel uma antiga reivindicação dos moradores de Paraty. Com 9,4 quilômetros dentro do Parque Nacional da Serra da Bocaina, a estrada liga a BR-101, na altura de Paraty, a Cunha e à sua principal via de acesso, a Via Dutra.

Estrada Paraty-Cunha ligará cidade a São PauloDivulgação

A obra custou R$ 105 milhões, com investimentos da Eletronuclear, como compensação ambiental, e do Governo do Estado, por intermédio de financiamento do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF). "Essa obra é esperada há mais de 40 anos, e a sua conclusão representa o resgate de um sonho de devolver a Paraty uma saída pela serra. Além de incrementar o turismo das regiões, vai servir para preservar a fauna e flora da Serra da Bocaina. Ganha a economia das duas cidades e o meio ambiente", disse o governador Luiz Fernando Pezão.

De acordo com o diretor-executivo da Câmara Metropolitana do Rio de Janeiro, Vicente Loureiro, a distância entre Paraty e Cunha será encurtada em 270 quilômetros, ou seja, mais de duas horas. "Isso é um ganho fantástico no ir e vir das pessoas, principalmente para quem mora em Paraty e necessita, por exemplo, fazer tratamento médico especializado, como hemodiálise, em Taubaté. Ou a colônia de pescadores de Paraty, que poderá levar com muito mais rapidez o produto do seu trabalho para vender em São Paulo", ressaltou Loureiro.

Você pode gostar