Centro do Rio tem primeiro dia útil após inversões no sentido de diversas ruas

Mudanças alteraram no último sábado circulação de 180 linhas de ônibus no Centro da cidade. Veja o que mudou

Por O Dia

RIo - Os passageiros de ônibus e motoristas que foram ao Centro do Rio nesta segunda-feira, primeiro dia útil das mudanças viárias da região para o início da operação do VLT, devem prestar muita atenção. As rotas de 180 linhas de ônibus, 139 municipais e 41 intermunicipais, foram alteradas na área, desde sábado, por causa da inversão de sentido de ruas e avenidas. No fim de semana já houve muita gente perdida e a situação não deve ser diferente.

Com as mudanças, acabou a restrição para carros na Avenida Rio Branco, entre a a Presidente Vargas e Nilo Peçanha. Neste trecho, duas faixas da via ficam liberadas para os automóveis, enquanto que a terceira faixa é exclusiva para os ônibus: Troncal 1, Troncal 3, Troncal 5, 011 e 422. Estas são as únicas cinco linhas de coletivos que continuam a passar no local. Ao todo, 66 linhas municipais que circulavam neste trecho da Rio Branco tiveram que mudar os trajetos, segundo a Secretaria Municipal de Transportes, porque a maior parte dos coletivos utiliza este caminho em direção ao Castelo, o que prejudicaria a fluidez no trânsito.

Confira as novas rotas no CentroArte O Dia

Os carros que trafegarem pela Rio Branco, não podem entrar na Rua Buenos Aires, pois, para acessar a via, os veículos cruzariam a faixa exclusiva, o que não é permitido. Táxis também estão impedidos de circular na faixa, tampouco parar para embarque e desembarque.

A Rua da Assembleia e trecho da Avenida Nilo Peçanha terão o sentido invertido (da Praça Tiradentes para a Antônio Carlos). As ruas Araújo Porto Alegre e Evaristo da Veiga também terão tráfego invertido para permitir o acesso à Praça Tiradentes. A Avenida República do Paraguai volta a ter mão dupla e a Rua Silva Jardim, sentido invertido.

Agentes da concessionária VLT vão continuar a distribuir panfletos com as informações sobre os novos itinerários das linhas e pontos finais dos ônibus. São 126 orientadores para a divulgação, que será realizada diariamente das 5h às 20h. A SMTR ressalta que os pontos de distribuição podem ser alterados de acordo com a demanda.

Últimas de Rio De Janeiro