Motoristas relatam momentos de pânico em arrastão na Linha Vermelha

Bandidos da comunidade Parque Alegria invadiram a pista e bloquearam o trânsito, disseram testemunhas nas redes sociais e pelo Whatsaap do DIA

Por O Dia

Rio - Os motoristas que passavam pela Linha Vermelha vivenciaram momentos de tensão por volta das 7h30 desta terça-feira. Eles foram surpreendidos por um arrastão, na altura da Favela da Maré, no sentido Fundão. Vários relatos nas redes sociais e no WhatsApp do DIA informaram que os bandidos da comunidade Parque Alegria invadiram a pista e bloquearam o trânsito. Eles roubaram dinheiro e equipamento das vítimas. Alguns motoristas tentaram fugir em marcha à ré. 

"Eu estava na minha moto e o trânsito parou. Todos estavam pedindo para parar porque mais a frente estava tendo arrastão. Eu parei, encostei a moto, peguei meu celular e registrei o ocorrido. Quando todos voltaram a andar,  eu vi vários carros no acostamento e várias pessoas chorando", contou uma leitora que passava pelo local no momento em que bandidos assaltavam os motoristas.

Vítimas de arrastão na Linha Vermelha%2C na altura do Caju%2C prestam queixa na 17ª DP%2C em São CristóvãoSeverino Silva / Agência O Dia

Duas estudantes de Medicina passavam pela altura do Caju, na Linha Vermelha, por volta das 7:40h da manhã, quando dois assaltantes armados ordenaram que elas saíssem do carro e que uma delas entregasse sua bolsa. Uma estudante correu enquanto a outra entregava a bolsa com todos os seus pertences. Segundo relatos das jovens que pediram para não serem idenficadas, havia um terceiro suspeito escondido. As duas se perderam por alguns instantes. 

"Ela estava dirigindo, e eu no banco do carona com a bolsa no colo, e eles bateram com a arma no vidro, mandaram a gente descer do carro. Um pediu a minha bolsa e eu entreguei. O bandido perguntou se meu celular estava lá dentro, eu disse que sim. Ele então pegou minha bolsa e saiu andando para assaltar outros carros", relatou a vítima.

Arrastão na Linha Vermelha causa pânico a motoristas WhatsApp O DIA (98762-8248)

"Eu fiquei parada e ela sumiu. Fiquei desesperada porque ela sumiu. Tinha um bandido no mato, outro nos assaltando e outro assaltando outros carros. Eu fiquei muito nervosa porque eu não sabia se eles tinham levado ela", desabafou a jovem que estava no banco do caronal. 

As duas fazem o mesmo trajeto diariamente, entre a Ilha do Governador e a UERJ, e nunca haviam passado por situação semelhante. Elas registraram a ocorrência na 17ª, em São Cristóvão. Cerca de dez carros foram assaltados.

A reportagem entrou em contato com o Batalhão de Policiamento de Vias Expressas (BPVE), que iniciamente negou o ocorrido, mas depois que a matéria foi publicada, voltou atrás.

Em nota, a assessoria da PM informou que  "viaturas foram enviadas imediatamente ao local, mas não foram encontradas vítimas. Posteriormente, a equipe deslocou-se às delegacias da área para buscar mais informações sobre a ocorrência e encontrou duas vítimas. Após colher detalhes sobre suspeitos, policiais do BPVE realizam buscas na região". 







Últimas de Rio De Janeiro