Duque de Caxias agora tem espaços para guardar bikes

Cidade ganha 30 paraciclos feitos de material 100% reciclável. A iniciativa faz parte de um projeto da Braskem

Por O Dia

Até duas semanas atrás, Vanessa de Souza não podia ir até o Centro de Caxias de bicicleta, pois não tinha onde guardar a magrela. Fazia uma caminhada de 30 minutos porque tinha medo de ter a bicicleta furtada. Mas, Vanessa e toda a população do município ganhou um presente. A Braskem, doou 30 paraciclos feitos com material 100% reciclável.

“Como não tinha onde prender a bicicleta eu não me arriscava, certamente perderia o único meio de transporte que tenho. Não é muito, mas é minha”, brinca Vanessa.

A Reserva Biológica do Parque Equitativa ganhou 15 unidades e os outros 15 foram instalados em frente ao Teatro Raul Cortez e da Biblioteca Municipal.

Cada paraciclo comporta duas bicicletas e foram projetados para suportar ações de vandalismo e oferecer segurança para os ciclistas. Cada mobiliário pesa cerca de 19 quilos, o equivalente a 4.350 mil sacolinhas plásticas recicladas.


MEIO DE TRANSPORTE

A pesquisa ‘O Perfil do Ciclista brasileiro’ realizada pelo Observatório das Metrópoles e pela ONG Transporte Ativo revelou que por aqui a bicicleta é o principal meio de transporte utilizado pelos passageiros para chegar às estações de trem. No estado do Rio, 34,8% dos ciclistas chegam a utilizar a bicicleta.

Últimas de Rio De Janeiro