História da cerâmica através do tempo

Exposição reúne peças históricas e outras feitas por alunos da Escola de Artes de Nilópolis

Por O Dia

Rio - História, cultura e conhecimento contados por meio da arte. É assim que a exposição “A Cerâmica Através dos Tempos” ganha vida na Galeria Municipal de Artes Willy Voight, na Prefeitura de Nilópolis.

São peças de cerâmicas arqueológicas milenares — egípcias, gregas, romanas e de outros povos do Velho e do Novo Mundo, passando pela Europa Medieval, Clássica e peças do século XIX, já da Era Industrial.

Destaque importante também é o modulo de peças produzidas em Nilópolis pelos alunos da Escola Municipal de Artes. “É um trabalho lindo, que enaltece os novos talentos da nossa cidade”, diz a aluna Aline Mayer.

Mostra na galeria de Nilópolis exibe peças de cerâmica arqueológicas Divulgação

O acervo de peças arqueológicas que compõe a exposição pertence ao Instituto de Pesquisa Histórica e Arqueológica do Rio de Janeiro – IPHARJ / Museu da Humanidade.

“Por ser a cerâmica a mais antiga das artes plásticas na história da humanidade, bem como considerando sua importância para seu desenvolvimento, a presente exposição reveste-se de excepcional caráter informativo e educacional para os mais variados públicos”, acredita o arqueólogo Claudio Prado de Mello, responsável pela museografia da mostra.

Além da exposição, tem ainda oficina de escultura em cerâmica, administrada pelo curador, Ney Sayão. “É uma oportunidade de contato com acervos artísticos excepcionais, importantes e de rara beleza. Uma chance que de outra forma muitas pessoas não poderiam ter”.

A exposição é gratuita e pode ser visitada até o fim do mês, de segunda a sexta, de 10h às 17h, na sede da prefeitura, que fica na Rua Pedro Álvares Cabral, 305, Centro.

Últimas de Rio De Janeiro