Casa italiana une tradição e receitas caseiras em Petrópolis

Circuito gastronômico, conta com opções variadas, capazes de agradar aos mais variados paladares e bolsos na Cidade Imperial

Por O Dia

Rio - Petrópolis é reconhecida nacionalmente pelos diversos monumentos históricos — Palácio de Cristal e Rio Negro, Museu Imperial, Casa de Santos Dumont e Catedral de São Pedro, entre outros. Mas um outro aspecto se destaca na Cidade Imperial. É o circuito gastronômico, com opções variadas, capazes de agradar aos mais variados paladares e bolsos. Entre eles, o tradicional Massas Luigi.

Em nome do sabor%2C todas as massas são fabricadas na própria casaDivulgação

Fundado em 1979, o restaurante desde 1999 é comandado pelo administrador Eduardo Seleri. Especializada em pratos italianos, a casa tem como um de seus diferenciais as massas de fabricação própria, todas feitas com farinha importada de grano duro.

Para Eduardo Seleri, a receita confere sabor muito mais apurado, agradando aos paladares mais exigentes. “Para deixar as massas ainda mais leves, adicionamos uma quantidade de ovos quatro vezes maior do que os concorrentes. Ficam muito mais saborosas”, ensina Seleri.

Entre os pratos mais vendidos, as especialidades do restaurante — a lasanha a bolonhesa com presunto e a lasanha de filé mignon com creme de leite e funghi. Acontece que o primeiro, por muitos anos o ‘queridinho’ dos clientes da casa, perdeu a hegemonia por uma obra do acaso. É o que garante Eduardo Seleri.

“Para fazermos nosso tornedor, havia sempre muita sobra de filé mignon. Resolvemos, então, aproveitar as tiras da carne que sobravam e criamos a lasanha de filé com funghi. Em menos de um ano, virou um verdadeiro sucesso de vendas e é hoje o prato mais pedido”, lembra ele.

Para acompanhar os diversos pratos da casa, Eduardo Seleri não pensa duas vezes. De pronto, ele diz que a dica é optar por um dos vários vinhos encontrados na adega, que funciona no próprio restaurante e atualmente tem cerca de 150 rótulos. “Temos preços bem acessíveis e com uma boa variedade. É só escolher”, valoriza ele.

Para a criançada, Eduardo Seleri recomenda um prato em especial. É o Pinóquio, uma massa fina com calabresa moída e ovos mexidos. “É um sucesso. E, por sinal, é o prato preferido dos meus três filhos”, entrega, acrescentando que, de sobremesa, vale a pena experimentar a torta de maça da casa.

Últimas de Rio De Janeiro