Evento em Rio das Flores vai resgatar a importância do Vale do Café

Organizado pelo grupo de pesquisas O Vale do Paraíba e a Segunda Escravidão, o evento vai acontecer amanhã, dia 22, na Casa de Cultura

Por O Dia

Rio - Rio das Flores vai respirar cultura e história. A cidade será sede do I Encontro dos Historiadores e Pesquisadores da História do Médio Vale do Paraíba Fluminense. Organizado pelo grupo de pesquisas O Vale do Paraíba e a Segunda Escravidão, o evento vai acontecer amanhã, dia 22, na Casa de Cultura. O objetivo é divulgar os diversos aspectos históricos da região.

Fazendas históricas demonstram a opulência econômica da regiãoDivulgação

A programação começa a partir de 9h30 e o ponto alto será uma mesa redonda com os historiadores Adriano Novais e Annibal Magalhães. A dupla vai abordar a economia, o transporte e a comunicação no século XIX. Além deles, haverá também o lançamento do livro póstumo do escritor Paulo Lamego 'No Fio da Barba', obra ficcional sobre um tropeiro que transportava café entre Rio das Flores e a Baixada Fluminense.

Segundo o organizador do encontro, Ricardo Salles, o evento vai abordar temas como a importância do Vale do Café na economia brasileira no século XIX, quando a produção cafeeira foi um dos pilares do crescimento econômico do Brasil. "Entender o Vale, o café e a escravidão é central para compreender a história do Brasil no século XIX. Além disso, há muito para se conhecer sobre a história do Vale. O Brasil se tornou independente e construiu um estado sobre bases materiais e sociais, em sua maior parte, derivadas do café", avalia Salles.

 

Últimas de Rio De Janeiro