Champagne Taittinger Nocturne chega ao mercado

Elaborado com 40% chardonnay, 60% pinot noir e pinot meunier, ele traz uma cor amarelo-palha brilhante, com um aroma de pêssego e damasco seco, delicado e elegante

Por O Dia

O lançamento contou com a presença do dono da vinícola%2C Pierre-Emmanuel Taittinger%2C e de seu filho ClovisDivulgação

Durante a Copa do Mundo, a Taittinger aproveitou para divulgar ainda mais a sua marca no Brasil como champanhe oficial do Mundial. Passado o evento, o rótulo, que é um dos mais vendidos do mundo, coloca no mercado a versão Taittinger Nocturne. Elaborado com 40% chardonnay, 60% pinot noir e pinot meunier, ele traz uma cor amarelo-palha brilhante, com um aroma de pêssego e damasco seco, delicado e elegante. No paladar conta com uma textura macia e cremosa, com um final frutado, adocicado e refrescante. Ideal para harmonizar com aperitivos, foie gras, sobremesas à base de frutas, culinária japonesa e queijos. O lançamento contou com a presença do dono da vinícola, Pierre-Emmanuel Taittinger, e de seu filho Clovis. Hoje, a família possui 288 hectares de vinhedos próprios na região de Champagne, na França, divididos da seguinte forma: 37% chardonnay, 48% pinot noir e 15% pinot meunier. A história da vinícola data de 1932, quando Pierre Taittinger comprou o Château de la Marquetterie em Reims. O Château, com adegas de 18 metros de profundidade, foi construído em 1734 por Jacques Fourneaux, que trabalhou de perto com monges beneditinos, na época donos dos melhores vinhedos da região. Atualmente a Taittinger está sediada na Abadia de Saint Nicaise (Reims), local onde monges trabalharam desde o século 13.

OUTROS COPOS

Festival na Serra

A Pousada La Belle Bruna participa da 5ª edição do festival de fondues, racletes, caldos e cremes, que acontece até o dia 31 de agosto na Serra Fluminense. São três opções de pratos: o caldo verde, o minestrone e o fondue. Para harmonizar, os diversos vinhos da adega, de países como Austrália, Nova Zelândia, África do Sul, EUA, Espanha e Itália.

Point do Café

Depois de uma temporada paulista, o Nespresso Drink Lounge estaciona no Barra Shopping, entre 18 e 27 de julho. Será a oportunidade de os cariocas experimentarem coquetéis como Samba, Amazônia, Paulista e Rio. As receitas fazem parte da campanha ‘Nespresso, com corpo e alma brasileiros’ e também estão disponíveis em vídeos no canal oficial da marca no YouTube com participação especial do chef Guga Rocha, do programa ‘Homens Gourmet’.

Uma dose de amizade

O Dia do Amigo acontece no próximo domingo e, para comemorar, a Chandon vai promover uma ação em mais de 25 bares e restaurantes de seis cidades brasileiras. Quem pedir uma garrafa de Chandon Réserve Brut 750ml receberá no lugar uma garrafa de Chandon Réserve Brut Magnum 1,5 l. A lista completa dos locais está em www.diadoamigochandon.com.br

Conquista sulista

Pelo segundo ano consecutivo, o espumante Garibaldi Moscatel entrou na lista dos 100 melhores vinhos do mundo. O ranking foi elaborado pela Associação Mundial de Jornalistas e Escritores de Vinhos e Licores baseado nos resultados de concursos internacionais. O espumante é produzido pela Cooperativa Vinícola Garibaldi, que reúne 350 famílias de 12 municípios gaúchos.

No clima de Moscou

A carta de drinques do Tragga, no Humaitá, está com uma saborosa novidade: o Moscow Mule. O drinque é um clássico criado na década de 40 e que se popularizou nos anos 50 com o boom da vodca nos Estados Unidos. A bebida, de sabor leve e agradável, é servida em uma charmosa caneca de cobre. Sua receita leva vodca, limão-taiti, xarope de gengibre, Ginger Ale e pitadas de pimenta-do-reino preta.

Produção da casa

A champanheria Bla Blá comemora a venda de 6 mil garrafas, em apenas 9 meses, do seu próprio rótulo de espumante. Produzido pela vinícola gaúcha Perini, ele leva na sua versão brut as uvas chardonnay e riesling e na versão rosé, as variedades chardonnay, pinot noir e gamay.

Últimas de _legado_Notícia