Por monica.lima
O licor é usado em mais de 100 drinques diferentes e pode ser consumido também on the rocksDivulgação

Ele é um dos licores mais antigos e tradicionais do mundo, sua receita foi criada em 1525, na época do Renascimento, leva damascos, óleo de amêndoas e 17 tipos de ervas combinadas. Sua mais recente embalagem foi criada na ilha de Murano, na Itália, em 1942. Mas mesmo com toda tradição, o Disaronno quer se renovar e associar a marca ao mundo do glamour e do cinema. Por isso, ele vai estar presente no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, que acontece no próximo dia 26, no Rio. “O Disaronno é o licor mais famoso e um dos mais tradicionais do mundo. Nos dias atuais, a marca está associada ao universo das artes, em especial cinema e moda, tanto que recentemente fez parceria com a marca Moschino para o lançamento de uma edição especial da bebida. Queremos trazer todo o glamour e versatilidade que o Disaronno representa no resto do mundo para o consumidor brasileiro. Já estamos nos principais eventos de moda e cinema da Europa e não poderíamos ficar de fora do maior festival de cinema brasileiro”, explica Juliana de Paula, gerente de produto da Disaronno no Brasil. O produto é tão versátil que é usado em mais de 100 drinques diferentes, e ainda assim mantém sua essência, podendo ser consumido como drink — Disaronno Sour e Disaronno Orange —, e também on the rocks.

OUTROS COPOS

Novos sabores

O restaurante Ibérico, especializado em culinária espanhola contemporânea, comandado pelo chef Jan Santos, traz novidades na carta de drinques. O Dulce Brisa é uma bebida preparada com Cava Rosé, syrup de vinho tinto e uva passa e o French 75 leva cava brut, gin e limão. Outras novidades são o Gin Mare, com alecrim, tomilho e manjericão; e o Bombay, gin com canela, cravo e zimbro.

Semana gastronômica

O Restaurant Week está de volta na região sudeste entre os dias 15 e 28 de setembro. Para a segunda edição do ano, o evento apresenta o tema Gastronomia Fusion. São 430 restaurantes, que movimentam aproximadamente R$ 65 milhões no período.

Sopa e vinho

A vinícola Salton marca presença no Festival de Sopas Ceagesp, em São Paulo, que vai até o dia 31 de agosto. Um dos carros-chefes do evento, a sopa de cebola pode ser consumida com os tintos da linha Salton Paradoxo. Outros rótulos como Salton Flowers Suave ou Seco, Salton Gamay safra 2013 também harmonizam com o saboroso cardápio do evento. Na carta, os visitantes encontram ainda os espumantes Salton Brut, Prosecco, Moscatel e Reserva Ouro.

Rosé americano

A uva zinfandel, conhecida na Itália como primitivo, tornou-se popular na região de Napa Valley, Califórnia. Os tintos são muito apreciados e agora os rosés, como o White Zinfandel da vinícola Beringer, ganha o público, principalmente o feminino. Importado pela World Wine, ele é equilibrado, tem notas de frutas vermelhas e toques cítricos. Sua doçura é sutil e tem agradável acidez.

Pizzas raras

A pizzaria Bráz comemora a 6ª edição do festival Fora de Série. O desafio deste ano foi reproduzir aqui três raridades italianas: o queijo tipo pallone di gravina, a Sopressata di Gioi, um embutido feito com as partes mais nobres do porco, e uma massa de pizza de fermentação natural feita a partir dos granos duro e tenero de trigo. O resultado foi a criação de três pizzas exclusivas, disponíveis até o dia 30 de setembro. Vão bem tanto acompanhadas com chope quanto com um bom vinho.

Italiano com gosto argentino

O restaurante italiano Cozzi, em Jacarepaguá, prepara hoje jantar harmonizado com vinhos argentinos. O sommelier Douglas Gonçalves escolheu os rótulos Norton Roble Chardonnay, Norton Roble Pinot Noir e Norton Cosecha Especial Extra Brut, para acompanhar os pratos do chef Assis.

Você pode gostar