Por monica.lima
Segundo o representante da família e da marca aqui no país, Philippe de Nicolay Rothschild, cada garrafa custará cerca de R$ 2 milDivulgação

Quando um champanhe é feito com a melhor safra de uvas de uma colheita, ele é batizado de millésime e datado com o ano da colheita. E como a safra 2006 do champanhe Rothschild foi excepcional, a casa, conhecida pelo badalado Château Lafite, coloca no mercado o seu primeiro millésime. Serão apenas 400 mil garrafas para o mundo inteiro e para o Brasil virão apenas sete mil. “Vai custar uma pequena fortuna, cerca de R$ 2 mil a garrafa, mas é um champanhe excelente, com a realeza da uva chardonnay”, avalia Philippe de Nicolay Rothschild, representante da família e da marca aqui no país.

Em visita às plantações da vinícola em Vertus, na região de Champagne, na França, podemos comprovar o cuidado com as parreiras. Na mais nova propriedade da família, a terra ainda é arada com tração animal. “Não produzimos 20 milhões de garrafas, a ideia é oferecer com o melhor preço possível o melhor vinho de todos os preços”, avalia Rothschild. Foi dessa forma que a família construiu seu nome e fez do Château Lafite um dos cinco melhores vinhos do mundo. “Uma garrafa de Lafite pode chegar a R$ 8 mil. Ele é caro não somente pela qualidade, mas também pela demanda. Só são produzidas entre 180 mil a 200 mil garrafas por ano. No ano de 2013, por exemplo, tivemos um clima péssimo e a produção foi de apenas 160 mil garrafas”, justifica. Com toda essa excelência, é esperar para ver o resultado do champanhe, que chega ao Brasil no início de outubro.
Publicidade
OUTROS COPOS
Base de espumante
Publicidade
Para aliviar o calor, o Complex Esquina 111, em Ipanema, acrescentou na carta de drinques a linha Sparkles. Todos levam espumantes que podem ser misturados como amora, sake, cassis e siciliano; kiwi, pêssego, sake e maçã verde; jabuticaba, Cointreau e Berriaçaí; melancia, vinho branco, cramberry e anis estrelado; ou licor de cassis e Red Bull.
Primeiros passos
Publicidade
A Associação Brasileira de Sommeliers do Rio de Janeiro está com inscrições abertas para os cursos básico e avançado de vinhos. O curso básico ou Tradição, Conhecimento e Prática de Vinhos é indicado para quem deseja se iniciar no mundo dos vinhos. Já o avançado é um curso aberto a profissionais e amadores, e só pode ser feito por quem já terminou o curso básico.
Comida de carrinho
Publicidade
O Rio vai sediar o primeiro Encontro Nacional de Food Trucks do Brasil. Patrocinado pela H2OH,
o evento acontece de 15h às 21h, neste fim de semana no Parque Lage, e conta com trucks como Los Mendozitos, Larica Gourmet, Por aí gastronomia portuguesa, Buzina, Nhac, Versão brasileira, Chili na rua, SudDog, Venga, Tapi, Rio Food Truck Bar e Cervejaria Bohemia.
Seleção africana
Publicidade
A Wine.com.br selecionou rótulos da África do Sul de edição limitada para o seu exclusivo ClubeW Premium. O primeiro é o The Six Flowers White Blend 2013, com seis variedades de uvas brancas, aromas de frutas cítricas, flores e ervas. O segundo é o The Owl Post Pinotage 2012, que tem notas de frutas vermelhas maduras, baunilha e defumado.
Rosés e brancos
Publicidade
Castas como a chardonnay e sauvignon blanc são indicadas para o verão, pois são mais leves, secas e possuem menor teor alcoólico. Por isso, a importadora Asa Gourmet aposta nos brancos e rosés. Entre as novidades, a safra 2014 do vinho Punta Lobos Honesto Sauvignon Blanc, ligeiramente cítrico e herbáceo com nota de pêssego, e o Marques de Gelida Rosé Brut Reserva, com aromas de frutas vermelhas e violeta.
Festival uruguaio
Publicidade
Amanhã começa a terceira edição do Salão Internacional do Vinho no Conrad Punta del Este. Serão dois dias de exposição e degustação de cerca de 600 variedades de vinhos e mais de 140 vinícolas de Espanha, França, Itália, Portugal, África do Sul, Austrália, Nova Zelândia e Estados Unidos. Tudo harmonizado com um menu criado pelos chefs da equipe do hotel.
Publicidade
Você pode gostar