Por monica.lima
O Fleurie e o Coeur de Granit%2C do Château de Chénas%2C que tem aromas de compotas de frutas pretas e baunilhaDivulgação

Entre os adjetivos usados para descrevê-lo estão fino, sedoso, perfumado, frutado, tenro e macio, talvez por isso o vinho fabricado com a appelation Beaujolais seja conhecido como o vinho feminino, ideal para agradar a todas nos Dias das Mães. Por aqui, os mais conhecidos são os Nouveaux, lançados sempre em novembro, e os Villages, mas os produtores da região em torno da cidade francesa de Beaujeu querem mais e vieram divulgar no Brasil também os seus Crus, vinhos de regiões menores e apaixonantes que têm nomes românticos com Saint-Amour, que tem 1/4 de sua produção vendida nos Dias dos Namorados, Fleurie e Moulin-à-Vent.

São um total de doze appelations d’origine, como são chamadas as denominações de origem na França, e apesar de a uva predominante ser a Gamay, a vinificação das frutas de diferentes terrois apresentam características distintas. O Fleurie Les Moriers, elaborado pelo Domaine Jean-Paul Champagnon, traz notas de frutas vermelhas maduras e taninos macios. O Coeur de Granit, do Château de Chénas, tem aromas de compotas de frutas pretas e baunilha. Já o Iconia, do mesmo produtor, surpreende por ser um Beaujolais branco, produzido com uvas Chardonnay. Ele é mineral, com notas florais e frutadas como pera. Alguns produtores ainda aguardam importadores nacionais, mas outros já podem ser encontrados por aqui. Os produtores são tão organizados que fizeram até um guia dos restaurantes no mundo onde se pode degustar um bom Beaujolais. No Brasil, eles estão na carta dos paulistas Bistrot de Paris e Enoteca Saint Visaint, nos cariocas Brasserie Rosario e Eça, e no mineiro Au Bon Vivant.

OUTROS COPOS

Clima italiano

A partir do Dia das Mães, o almoço de domingo do restaurante Zot entra no clima italiano com risotos e massas. Destacam-se o Gnocchi de Abóbora com Camarão e Mascarpone, o Penne Arrabbiata com picante de Alho e Manjericão e o Risotto al Brie e Parma. A cada domingo um vinho italiano da carta entrará em promoção. O primeiro é o Campo di Marzo Salice Salentino DOC 2012.

Drinque de sorbet

Em parceria com a Vero Gelato Italiano, o badalado gastrobar Complex Esquina 111, em Ipanema, e o rooftop bar Sobe, no Horto, lançam drinques exclusivos com base em soberts especiais nos sabores pepino com limão siciliano, flor de hibiscos com mamão, chocolate com flor de sal, coco, chocolate meio amargo, manga, morango com pimenta, lichia com cardamomo e cupuaçu.

Luxo dourado

Para as mães que gostam de uísque, a Johnnie Walker lança a sua luxuosa garrafa Gold Label Reserve. A sua água vem de Kildonan Hills, onde foi descoberto ouro no século XIX, por isso a garrafa é dourada e dentro seu malte equilibra sabores de frutas doces e cremosidade a notas profundas de mel finalizadas com ondas prolongadas de madeira.

Mamma mia

Da Toscana veio o Balzi Fratti Chianti DOCG 2013, com notas de frutas vermelhas maduras, e da Puglia, o Salice Salentino DOC, com toques florais. Essas duas delícias italianas formam o kit do Dia das Mães do site Evino, que traz ainda duas taças embaladas em uma caixa de madeira sofisticada, com acabamento em osso.

Mãe rosé

A Moët & Chandon abusa da feminilidade no seu kit do Dias das Mães. Seu elegante Moët Rosé Impérial 750 Black Tie Box é inspirado na gravata black tie, que simboliza o laço do amor numa garrafa rosa. Seu champanhe traz aromas de frutas frescas, notas florais e hibisco — na boca é cremoso e com sabor persistente.

Brinde do dia

A partir de terça-feira até domingo, as mães que foram almoçar em uma das quatro lojas do Cavist, Ipanema, Shopping Leblon, Barra ou Village Mall, ganham de mimo uma tacinha do vinho Rosé D’Anjou e têm desconto na garrafa, que sai por R$ 68. Elaborado no Vale do Loire com as uvas Cabernet Franc, Gammay e Crolleu, ele é delicadamente frutado e acompanha pratos leves.

Você pode gostar