Apesar da queda nas vendas, Brasil mantém 5º lugar na produção mundial de carros

Entre as marcas, a Toyota retoma a liderança planetária, seguida pela VW, Ford, Chevrolet e Nissan

Por monica.lima

O Brasil, em queda de vendas, continua em quinto lugar no mundo (Jato Dynamics), em junho. China, EUA, Japão e Alemanha puxam a fila. Depois do Brasil aparecem a Índia, Grã-Bretanha, Rússia, Canadá e França, esta última com pequena alta. Entre as marcas, a Toyota retoma a liderança planetária, seguida pela VW, Ford, Chevrolet e Nissan.

No mercado nacional, a Anfavea acha que a queda no primeiro semestre não preocupa, e a segunda metade do ano terá recuperação, diz o presidente Luiz Moan. A Anfavea espera demanda crescente, até agora reprimida pela Copa do Mundo, por carros leves e vendas a locadoras. A Localiza aliás, que tem na locação seu segundo melhor negócio — o primeiro é a venda de seminovos — nunca esteve tão bem. E em ano eleitoral a procura por locados deve aumentar muito. Mas os números reais, fechadas as contas do primeiro semestre, mostram tombo 7,34% nas vendas. Grito geral e o IPI integral só em dezembro. Enquanto a Anfavea é otimista, a associação das concessionárias, Fenabrave antevê nuvens negras, com o desaquecimento, no ano, chegando aos 8%. O fenômeno do mercado é curioso, porque as quedas somadas são exatamente as perdas das quatro grandes, aponta Joel Leite no Autoinforme. Segundo o site de mercado, a Fiat, Ford, GM e VW venderam juntas menos 125 mil veículos, exatamente o número da retração. 

Outras vão bem. A Renault cresceu, junto com a Chery, Mini, Jaguar-Land-Rover, Lifan, Hyundai e Audi. A que mais perdeu mercado foi a VW, com menos 15,3%, depois a Fiat, com quase 10%. A Fiat, mesmo assim, emplacou a liderança por modelo, com o Palio à frente do Gol. A Ford promete retomar com o novo Ka, em gestação e promessa de sucesso. A GM oferece preços de linha de montagem para alavancar e a VW ainda tenta convencer com o seu up!, um bom carro, mas com preços pouco competitivos. Outras que vão mal nos números são a Peugeot, Citroën e Nissan, esta, que amarga um lamentável 33° lugar com seu bem resolvido March.

PONTO-A-PONTO

? Dois motores, um de quatro cilindros a gasolina e um elétrico para as rodas traseiras, fazem do novo Volvo XC90 o SUV mais potente e menos poluente do mundo. O modelo será conhecido somente em agosto.

? O Alfa Romeo 4C foi escolhido o Carro Playboy do Ano 2014, em competição promovida pela edição polonesa da revista masculina.

? E por aqui se organiza o prêmio Americar, que reúne 56 jornalistas de 11 países do continente, para votos em seis categorias de veículos e sustentabilidade.

? Ainda entre os prêmios, o Range Rover Evoque recebeu recentemente mais três e chega a 161 prêmios desde seu lançamento, no fim de 2011.

? A onda mundial de recalls provoca dúvidas entre os consumidores, inclusive no Brasil. A GM, que chamou 28 milhões de carros está na mira do governo americano, mas outras também. Quem tem dúvidas se o seu veículo está envolvido em um recall deve consultar o site da montadora do seu carro, com o número do chassi em mãos, ou então ir ao site do Ministério da Justiça >direito do consumidor >consulta de recall.

? Com regime de 85 quilos, peso de uma alemão adulto, a VW apresentou na Europa sua linha Passat 2015 (na foto, a Variant). Metais leves e novas chapas e aço impressos a quente fazem parte da receita, que inclui sistemas de entretenimento mais modernos. A queda de consumo aferida pela marca chega aos 20%.

De volta às origens

Não é para qualquer um: 717 cv é a potência extraída do motor V8 6.2 litros de câmara hemisférica da Dodge, o famoso Hemi, que equipa o novo Challenger Hellcat. Com torque também recorde, este é o V8 mais forte da história, o primeiro supercomprimido que usa o novo câmbio de oito marchas. O Hellcat celebra os 100 anos da Dodge.

Tomada na pista

Preparações e muita promoção para o Campeonato FIA de Fórmula E, com largada em 13 de setembro em Pequim, China. Os monopostos foram exaustivamente testados e provaram suas qualidades técnicas para a disputa. Na foto, o levíssimo Spark-Renault SRT_01E, laboratório da marca na sua estratégia de propulsão elétrica pura.

Rally dos Sertões

Com a largada dia 24 de agosto, o Rally dos Sertões levanta a poeira de sua 22° edição, a partir do autódromo de Goiânia, em uma volta pelo interior do país, com chegada seis dias depois em Belo Horizonte. No roteiro, sete cidades, três delas ainda inéditas no ‘Sertões’. Na disputa carros, caminhões, motos e os quadriciclos.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia