Times do Nordeste se destacam no futebol brasileiro

Dos 16 classificados na Copa do Brasil, quatro são nordestinos: Ceará, os arquirrivais ABC e América de Natal e o desconhecido Santa Rita de Alagoas

Por O Dia

O América de Natal conseguiu vencer o Fluminense por 5 x 2 no MaracanãAndré Mourão/Agência O Dia

O Nordeste tem sido o único alento do futebol brasileiro neste ano marcado por vexames dentro e fora de campo. Os times da região estão surpreendendo muita gente grande em campeonatos como a Copa do Brasil e a Série B. Dos 16 classificados no torneio nacional, quatro são nordestinos: Ceará, os arquirrivais ABC e América de Natal e o desconhecido Santa Rita de Alagoas. E o sucesso em campo está sendo convertido em lucro para agremiações que vivem com orçamentos apertados e em dificuldades financeiras. O Ceará levou mais de 48 mil torcedores à Arena Castelão, em Fortaleza, na semana passada na vitória por 3 x 1 sobre o Internacional. O público garantiu uma renda líquida de R$ 834.524,54 mil. Com a receita da partida, o Vozão poderia praticamente zerar a folha salarial de um mês, que está na casa dos R$ 900 mil. O clube também lidera a segunda divisão do Brasileiro, deixando para trás o gigante Vasco da Gama.

O América de Natal é outro time com sotaque nordestino que só tem motivos comemorar. Depois de perder o jogo de ida em casa por 3 x 0 para o Fluminense, o Diabo Potiguar conseguiu uma improvável vitória por 5 x 2 sobre o Tricolor carioca em pleno Maracanã. Agora o Mecão enfrenta o Atlético Paranaense com expectativa de quebra de recorde de público e renda em jogos fora da Copa na Arena das Dunas, em Natal. O bom desempenho dos nordestinos está associado à criação da Copa do Nordeste, torneio disputado no início do ano que tem melhorado as condições técnicas e financeiras dos clubes para a sequência da temporada.

INVESTCRAQUE

Rubens Barrichello,
piloto recordista em corridas de Fórmula-1

Mesmo sem conquistar um título mundial na Fórmula-1, não há fã de automobilismo que não conheça Rubens Barrichello. O piloto conquistou fãs e desafetos quase na mesma proporção. Em 19 anos de carreira, se tornou o recordista em numero de corridas disputadas na principal categoria do esporte a motor. Foram 326 provas e onze vitórias, a maioria delas pela Ferrari, equipe em que teve a companhia do alemão Michael Schumacher, aquele que se tornou seu maior rival . Em 2011, deixou a Fórmula-1. Desde então fez uma temporada de Fórmula Indy, em 2012, e duas na Stock Car. No começo do mês conseguiu sua primeira vitória na categoria. E foi justamente naquela que é considerada a principal prova da temporada: a Corrida do Milhão. Boa parte do prêmio foi investida no edifício comercial que o piloto está construindo em Guarulhos, cidade vizinha a São Paulo. O restante do seu dinheiro está em renda fixa e, acreditem, em caderneta de poupança.

Timão e Emirates próximos de acordo

Detalhes em torno da comissão do negócio separam o Corinthians e a companhia aérea Emirates do anúncio do acordo da venda dos naming rights do novo estádio do clube em Itaquera. Após um flerte com a concorrente Etihad, a direção corintiana se decidiu pela proposta da Emirates, que também incluiria o patrocínio da camisa. O contrato terá 20 anos de duração e o valor do pacote ultrapassaria a casa dos R$ 500 milhões, recorde no Brasil.

Robinho e Kaká trazem novos sócios

Duas das principais contratações do ano no futebol brasileiro, Kaká e Robinho já trazem receitas extras para Santos e São Paulo. Desde o anúncio da contratação do ídolo tricolor, em julho, o clube do Morumbi ganhou 1832 novos sócios no Movimento por um Futebol Melhor, iniciativa criada pela Ambev para aumentar o número de associados dos clubes. Em 11 dias, o Santos teve 236 novas adesões. E quanto mais bola jogarem, mais sócios trarão.

Número da semana

20: Esse será o número de clubes da próxima edição da Copa do Nordeste. O torneio, que terá início no começo de 2015, contará com o reforço de times do Maranhão e do Piauí, que farão sua estreia na competição. No ano passado, o campeão Sport faturou em bilheteria e premiação cerca de R$ 2,5 milhões. Esporte Interativo e Globo transmitem a Copa NE .

Últimas de _legado_Notícia