Eleições

Bolsonaro segue em unidade semi-intensiva e alimentação oral foi suspensa

Alimentação oral foi suspensa por causa do surgimento de uma distensão abdominal. Segundo o hospital paulistano, entretanto, trata-se de uma ocorrência normal

Atualizado às 12/09/2018 11:56:50

Rio - O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, continua internado em uma unidade semi-intensiva, conforme boletim divulgado na manhã desta quarta-feira pelo Hospital Albert Einstein. De acordo com o boletim, a alimentação oral foi suspensa por causa do surgimento de uma distensão abdominal (inchaço do abdômen provocado por ar e que é consequência da redução do movimento do intestino). Segundo o hospital paulistano, entretanto, trata-se de uma ocorrência normal.

O Albert Einstein acrescentou que a alimentação voltou a ser endovenosa (na veia) até a próxima avaliação. O texto é assinado pelos médicos Antônio Luiz Macedo, Leandro Echenique e Miguel Cendoroglo.

Nesta terça-feira, o hospital havia informado que o candidato do PSL tinha saído da UTI e passado para uma unidade de cuidado semi-intensivo. O parlamentar também tinha voltado a se alimentar de forma leve.

Jair Bolsonaro foi esfaqueado na última quinta-feira, dia 6, durante evento de campanha em Juiz de Fora (MG). O político está internado hospital Albert Einstein desde a ultima sexta-feira. O agressor foi preso.

STF rejeita denúncia de racismo

Nesta terça-feira o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou a denúncia contra o candidato à presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro. O deputado havia sido denunciado pela Procuradoria Geral da República (PRG) devido a falas consideradas racistas em uma palestra feita no clube Hebraica, no Rio de Janeiro, no ano passado.

Até a o início da sessão desta terça-feira, a votação estava empatada em dois a dois. Faltava o voto do ministro Alexandre de Morais, que votou pela rejeição da denúncia, acompanhando o relator, Marco Aurélio Mello. Luiz Fux também votou pela rejeição, e Luís Roberto Barroso e Rosa Weber votaram pela aceitação da denúncia.

  • Eleições -  25/09/2018
  • 'Ninguém vai se arriscar a desafiar a democracia no Brasil', diz Toffoli
  • Ele considera que, independente de quem for eleito na disputa presidencial deste ano, a vontade popular será respeitada e o diálogo e a pluralidade de ideias serão mantidos
  • Eleições -  25/09/2018
  • Do monte, Daciolo diz que bancada evangélica é a pior do Congresso
  • Candidato do Patriota também afirmou que vai ganhar no primeiro turno e criticou o voto útil
  • Eleições -  25/09/2018
  • Haddad afirma ser alvo de 'fortes ataques', mas promete não revidar
  • Em Campinas, candidato do PT voltou a criticar o PSDB e declarou que não solicitou reforço em sua segurança
  • Esporte - 26/09/2018
  • Contando com volta de Alisson, Grêmio pode enfrentar Fluminense com time alternativo
  • Time gaúcho precisa poupar jogadores para confronto da Libertadores contra Atlético Tucumán
  • Celebridades - 26/09/2018
  • Gisele Bündchen diz que já pensou em suicídio
  • Em entrevista à revista 'People', modelo afirmou que teve síndrome do pânico
  • Esporte - 26/09/2018
  • Irmã de CR7 sugere injustiça no The Best: 'Esses troféus que estão aqui ninguém rouba'
  • Hegemonia de Cristiano Ronaldo e Lionel Messi chega ao fim depois de 10 anos