Moradores e turistas enfrentaram longo congestionamento no acesso à cidade, no último dia do ano  - Foto: Lucas Madureira
Moradores e turistas enfrentaram longo congestionamento no acesso à cidade, no último dia do ano Foto: Lucas Madureira
Por O Dia
ARRAIAL DO CABO – O prefeito eleito de Arraial do Cabo, na Região dos Lagos do Rio, Marcelo Magno, anunciou que vai ampliar as barreiras sanitárias nos acessos à cidade, a partir desta sexta-feira (1º), quando ele tomará posse como prefeito do município. Segundo Magno, para terem acesso à cidade, os turistas deverão estar previamente autorizados, por meio de QR Code ou voucher, emitido no momento da reserva junto aos hotéis e pousadas.
A medida tem o objetivo de reduzir o avanço da Covid-19 na cidade e evitar longos congestionamentos na RJ-140, um dos principais acessos à cidade, como o registrado nesta quinta-feira (31), último dia do ano.
Publicidade
De acordo com o prefeito eleito, as barreiras serão instaladas nos bairros de Pernambuca, Praia do Pontal, Rebest, Monte Alto e em frente à Secretaria Municipal de Turismo. Turistas que não apresentarem o QR Code ou voucher não terão como acessar a cidade, ainda segundo o prefeito eleito. A medida não inclui moradores e prestadores de serviços.
As barreiras sanitárias de Monte Alto e da Rebest serão preferencialmente para moradores e profissionais das áreas da saúde e segurança, sendo que a barreira da Rebest vai funcionar das 8h às 20h, exclusivamente, para atender aos moradores e profissionais da saúde e segurança. Moradores não são obrigados a utilizar o desvio, sendo o prefeito eleito. Marcelo Magno acrescentou que o local estará devidamente sinalizado.
Publicidade
Além disso, os ônibus de turismo terão que obter autorização para entrar em Arraial do Cabo e a Secretaria Municipal de Segurança Pública vai intensificar a fiscalização em toda cidade.