Segundo a polícia, criminoso possui grau de parentesco com as vítimas - Foto: Divulgação
Segundo a polícia, criminoso possui grau de parentesco com as vítimasFoto: Divulgação
Por O Dia
ARRAIAL DO CABO – Um homem de 43 anos foi preso nessa quarta-feira (27), suspeito de abusar sexualmente de duas meninas de seis e 11 anos, por mais de dois meses, no distrito de Figueira, em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos do Rio. De acordo com a Polícia Civil, as vítimas eram irmãs e tinham grau de parentesco com o agressor, que foi preso após a Justiça expedir um mandado de prisão preventiva contra ele.
Ainda segundo a polícia, em depoimento na delegacia, o homem confessou os crimes. A delegada titular da 132ª Delegacia Policial, Patrícia Aguiar, afirmou que, além de estuprar as meninas, o criminoso também batia nelas e as ameaçava de morte, caso contassem à família sobre os abusos.
Publicidade
“Esse agressor violentava as vítimas durante a madrugada, quando todos estavam dormindo. Além de abusar das meninas, ele batia nelas e ameaçava matar a família das meninas, caso contassem das agressões para alguém", contou a delegada, responsável pelas investigações.
O caso foi comunicado à polícia pela mãe das meninas, que percebeu um comportamento diferente nas crianças, e ao conversar com elas, as vítimas relataram o que vinha ocorrendo. A polícia investiga ainda o envolvimento do homem em pelo menos outros dois casos de abusos sexuais na região.
Publicidade
SEGUNDO PRESO POR ABUSO, EM 24H
Este foi o segundo homem preso por violência sexual, em menos de 24 horas, em Arraial do Cabo. Ainda nessa quarta-feira (28), a Polícia Civil prendeu um homem de 53 anos, suspeito de abusar por cerca de seus anos, duas crianças, que atualmente têm 12 e 17 anos de idade. Os dois criminosos foram indiciados por estupro de vulnerável e permaneceram presos. O DIA não conseguiu contato com a defesa de ambos.