Matéria Salva!

Agora você pode ler esta notícia off-line

Matéria removida da seção links salvos
.04,8.352-39.328,13.888-60.48,16.576c21.76-12.992,38.368-33.408,46.176-58.016c-20.288,12.096-42.688,20.64-66.56,25.408C411.872,60.704,384.416,48,354.464,48c-58.112,0-104.896,47.168-104.896,104.992c0,8.32,0.704,16.32,2.432,23.936c-87.264-4.256-164.48-46.08-216.352-109.792c-9.056,15.712-14.368,33.696-14.368,53.056c0,36.352,18.72,68.576,46.624,87.232c-16.864-0.32-33.408-5.216-47.424-12.928c0,0.32,0,0.736,0,1.152c0,51.008,36.384,93.376,84.096,103.136c-8.544,2.336-17.856,3.456-27.52,3.456c-6.72,0-13.504-0.384-19.872-1.792c13.6,41.568,52.192,72.128,98.08,73.12c-35.712,27.936-81.056,44.768-130.144,44.768c-8.608,0-16.864-0.384-25.12-1.44C46.496,446.88,101.6,464,161.024,464c193.152,0,298.752-160,298.752-298.688c0-4.64-0.16-9.12-0.384-13.568C480.224,136.96,497.728,118.496,512,97.248z"/>
  • Publicidade
    Buscar
    Assine
    Obras de indígenas vandalizadas em exposição
    Publicidade

    Obras de indígenas vandalizadas em exposição

    Por SELECT ART

    No dia 16/7, foram depredados durante a madrugada trabalhos de artistas indígenas expostos na mostra M’Bai, no Centro Cultural Mestre Assis em Embu das Artes. Não havia sinais de arrombamento nas portas do espaço e o alarme estava desativado. Motivações racistas estão entre as hipóteses para o ocorrido e ainda não se sabe quem foram os responsáveis pelo caso. 

    A exposição, com curadoria de Margarith Foga, tinha como tema o ano Internacional das Línguas Indígenas e buscava resgatar as origens de Embu das Artes por meio da reunião de artistas indígenas e não indígenas. Os artistas decidiram manter as obras danificadas expostas, como forma de protesto, mas a administração municipal retirou os trabalhos da mostra. O artista Thiago de Carvalho compartilhou um post denunciando o ato de vandalismo e reclamando o direito pela sua obra que ficou retida pela instituição.

    Obras depredadas na exposição M’Bai em Embu das Artes (Foto: Reprodução)

    Você pode gostar
    Comentários
    Por SELECT ART

    No dia 16/7, foram depredados durante a madrugada trabalhos de artistas indígenas expostos na mostra M’Bai, no Centro Cultural Mestre Assis em Embu das Artes. Não havia sinais de arrombamento nas portas do espaço e o alarme estava desativado. Motivações racistas estão entre as hipóteses para o ocorrido e ainda não se sabe quem foram os responsáveis pelo caso. 

    A exposição, com curadoria de Margarith Foga, tinha como tema o ano Internacional das Línguas Indígenas e buscava resgatar as origens de Embu das Artes por meio da reunião de artistas indígenas e não indígenas. Os artistas decidiram manter as obras danificadas expostas, como forma de protesto, mas a administração municipal retirou os trabalhos da mostra. O artista Thiago de Carvalho compartilhou um post denunciando o ato de vandalismo e reclamando o direito pela sua obra que ficou retida pela instituição.

    Obras depredadas na exposição M’Bai em Embu das Artes (Foto: Reprodução)

    Você pode gostar
    Comentários