Curtiss Zeus é o primeiro modelo elétrico da marca - Divulgação
Curtiss Zeus é o primeiro modelo elétrico da marcaDivulgação
Por O Dia

Rio - A empresa norte-americana Curtiss Motorcycle promete lançar em breve a sua primeira moto de produção elétrica. O modelo usa como base o conceito revelado em abril. Trata-se de Zeus, um protótipo inovador que se destaca por substituir o painel de instrumentos por um tablet e por contar com dois motores elétricos (E-Twin).

Juntos, os dois propulsores devem gerar uma potência de 170 cv e 13 kg de torque. A força serã garantida por uma bateria de 14 kWh. De acordo com as primeiras imagens divulgadas, os motores ficam posicionados logo em baixo do banco. Se confirmada a configuração, Zeus será a primeira no mundo a contar com dois motores elétricos.

Em sua estrutura, o conceito é todo formado por partes metálicas. As linhas são similares às presentes em modelos da Harley Davidson e Indian. Outra novidade é que a Zeus trocará o painel de instrumentos por um tablet. O equipamento trará todas as informações como velocímetro, conta-giros e tacômetro. Segundo sugerem as imagens, o sistema ficará posicionado acima do 'tanque', onde ficaria a tampa de abastecimento em uma moto a combustão.

A Zeus será equipada com amortecedores Racetech e garfos Fior Hossack. Até o momento, poucos dados técnicos sobre o futuro lançamento foram revelados pela Curtiss Motorcycle. A recém-criada montadora é a antiga Confederate Motorcycles, que mudou de nome para homenagear Glenn Curtiss, um pioneiro da aviação que ajudou a inventar o motor bicilíndrico V-Twin usado em muitas motocicletas. Com projeto acelerado, expectativa é que o modelo seja lançado em 2020.

Você pode gostar