Modelo com tamanho família da Chevrolet é renovado

Linha 2019 da Spin será vendida em sete versões, sendo duas delas inéditas. Visual é destaque

Por Lucas Cardoso

Chevrolet Spin LTZ 2019
Chevrolet Spin LTZ 2019 -

Rio - A Chevrolet apresentou a linha completa da Spin 2019 nesta quarta-feira. O crossover com características de uma minivan recebeu importante renovação visual. Isso deve dar fôlego para que o modelo cresça e abandone a fama de carro feio. São sete versões disponíveis, com preços entre R$ 63.990 e R$ 83.490.

As novas linhas empregadas no visual deixaram o modelo, destinado à família, com uma cara mais enfezada. Na dianteira, tudo foi mudado. Agora, faróis estão mais finos e invadem a lateral do carro. O capô foi inclinado para deixar o design mais harmônico. Além disso, o modelo passa a contar com luz diurna de LED. A nova grade bipartida e o para-choque instalados na parte da frente também estão mais compatíveis com o visual.

A parte lateral teve alteração apenas nas soleiras da versão Activ, que, agora, também conta com uma opção de sete lugares. Na nova linha, as lanternas estão mais finas e se tornaram bipartidas. Parte fica na tampa do porta-malas, parte fica na traseira. Aliás, a versão aventureira deixa de contar com o estepe posicionado na quinta porta.

Os novos traços foram, em parte, importados do sedã Cobalt. Portanto, deixam a Spin com desenho mais alinhado com todos os modelos da marca. Durante o evento de lançamento, a Chevrolet informou que a mudança no visual era um dos principais pedidos dos consumidores.

Das sete versões (LS, LT, LT automática, LTZ, LTZ automática, Activ AT6 e Activ7 AT6), apenas duas são novas: uma mais acessível com transmissão automática (LT AT6) e outra aventureira com opção de sete lugares (Activ 7 AT6).

Motorização

Todas as configurações contam com a mesma opção de motor. Trata-se do Flex 1.8 ECO de até 111 cv de potência e 17,7 kg de torque. O propulsor pode estar associado a um câmbio manual de seis marchas ou a um automático. De acordo com a marca, o modelo recebeu acertos de suspensão e direção que deixaram o carro mais preso ao chão e estável.

Interior atualizado

Materiais de melhor qualidade e texturas atualizadas fazem parte das mudanças no interior da nova Spin. Além disso, o modelo recebeu uma nova padronagem de revestimento nos assentos.

Para ampliar o já bom espaço interno (2,62 m de entre-eixos), a montadora instalou bancos da segunda fileira corrediços e mexeu no design dos bancos dianteiros. Com o ajuste, quem senta na sacrificada última fileira ganha mais espaço para as pernas. Pessoas com até 1,80 conseguem sentar nos bancos seis e sete.

Apesar de o carro contar com um porta-copos, quem senta atrás não tem acesso a tomada 12v para carregamento de smartphone. Todos os assentos têm cinto de três pontos e encosto de cabeça. Ancoramentos para cadeirinha estão disponíveis na segunda fileira.

Painel importado

Importado da Tracker, o novo painel de instrumentos é mais bonito e tem iluminação menos chamativa. A multimídia MyLink foi atualizada para a segunda geração. A central mantém a compatibilidade com aparelhos de celular via Google Android Auto e Apple CarPlay. Além disso, mantém-se o OnStar. Um diferencial é o sistema de alerta para objetos e passageiros esquecidos dentro do carro.

Preços e Versões

Spin LS

R$ 63.990
(era R$ 63.350)

Spin LT M

R$ 68.990
(era R$ 67.090)

Spin LT AT

R$ 69.990 (nova versão)

Spin LTZ M

R$ 78.490
(era R$ 73.890)

Spin LTZ AT

R$ 81.990
(era R$ 77.950)

Spin Activ AT

R$ 79.990
(era R$ 77.950)

Spin Activ7 AT

R$ 83.490 (nova versão)

Consumo de combustível é compatível

Segundo dados do Inmetro, a versão aventureira Activ7 acelera de zero a 100 km/h em 11,3 s. A retomada de 80 a 120 km/h é feita em até 9,7 s. O consumo urbano é de 10,3 km/l (gasolina) e 7,0 km/l (etanol), e o consumo rodoviário é de 12 km/l (g) e 8,3 km/l (e).

Já a LTZ, por exemplo, acelera de zero a 100 km/h em até 10,2 s. Nessa versão, a retomada de 80 a 120 km/h é feita em até 11,7 segundos, enquanto o consumo urbano é de 10,4 km/l (gasolina) e 7,8 km/l (etanol). O consumo rodoviário é de 13,2 km/l (g) e 9,0 km/l (e).

Contribui também para esse resultado a sexta marcha e a grade ativa do radiador. O sistema abre e fecha automaticamente a grade frontal de acordo com as condições de velocidade do veículo e a necessidade de refrigeração do motor. Quando fechada, há redução do arrasto do ar e melhora da aerodinâmica.

Galeria de Fotos

Fernando Rocha, do Banco Central: medida envolve Educação Financeira e oferta de novos produtos José Cruz/Agência Brasil
Policiais civis prenderam ontem 12 acusados de envolvimento com a milícia. Entre eles estão um PM de UPP e três agentes penitenciários Estefan Radovicz / Agência O Dia
Chevrolet Spin Activ 2019: mudanças no visual para acabar com a fama de carro feio fotos Divulgação
Chevrolet Spin LTZ 2019 Divulgação
Chevrolet Spin LTZ 2019 Divulgação
Chevrolet Spin LTZ 2019 Divulgação
Quem senta na última fileira ganha mais espaço. Painel é mais bonito fotos Divulgação

Comentários

Últimas de Automania