A Harley, mas pode chamar de Maria - Divulgação
A Harley, mas pode chamar de MariaDivulgação
Por MH

Para quem costuma rotular e associar motos a pessoas mal encaradas, uma Harley-Davidson não chama a atenção apenas pela pintura verde com detalhes dourados. A Softail 2006 atende pelo nome Maria e esconde uma história de amor entre mãe e filho. O modelo faz parte da exposição Bike & Art Show, no Shopping Vogue Square, na Barra.

A moto pertence ao empresário Gustavo Lorenzo, idealizador e organizador do Salão Moto Brasil, que acontece de 30 de maio a 2 de junho no Parque Olímpico, na Zona Oeste. A Harley em questão foi escolhida para ser customizada e virar o símbolo da edição 2017 do evento.

Gustavo confiou a produção a Leo Dalla, que fez o trabalho em parceria com Roni Christ, da Roni Custom, ambos de Vitória. O resultado é uma moto que atrai olhares, com pintura em candy verde e preto sobre desenhos de várias regiões do Brasil. Nos filetes e logomarcas, detalhes com folhas de ouro.

Após o salão daquele ano, Leo retornou para a capital capixaba e se deparou com a mãe bastante doente. Ela fora uma entusiasta da produção da customização da Harley, e viria a falecer alguns dias após a chegada do filho.

Sem saber do ocorrido, Gustavo pensou em fazer uma enquete para a Harley símbolo do Salão Moto Brasil e telefonou para saber a opinião de Leo. O artista estava naquele momento no enterro da mãe e explicou ao empresário o que tinha acontecido.

Gustavo perguntou qual era o nome da mãe do customizador: Maria Delizetti. A motocicleta foi batizada carinhosamente de Maria e, depois da exposição, também estará no Salão Moto Brasil desse ano quando se reencontrará mais uma vez com Leo.

“Ela continua viva para muitos, em seus corações, nas lembranças. Continua viva também nesta moto, que roda em todos os lugares”, conta Leo Dalla.

Na exposição do Shopping Vogue Square, Maria está ao lado de outras nove belas motos customizadas. Está prevista a presença de outra Harley Softail, só que vermelha e feita pelo artista Mauricio Fazzi, da Fazzi Custom. E também a Sportster Forty-Eight, mais conhecida como Rusty Rio. Esta venceu o Custom Kings Brasil 2018 e representou o Brasil na Battle of the Kings, maior concurso de customização de Harley no mundo.

A Softail feita pelo artista Mauricio Fazzi - Divulgação

A Bike & Art Show vai até o dia 12 de maio. Aos fins de semana ocorre paralelamente o Festival Moto Brasil de Jazz e Blues no palco do Espaço Vogue. O Shopping Vogue Square fica na Avenida das Américas, 8.585. A entrada gratuita. Já o Salão Moto Brasil 2019 será de 30 de maio a 2 de junho, no Parque Olímpico. Vendas e informações em www.salaomotobrasil.com.br.

A Rusty Rio venceu o Custom Kings Brasil 2018 - Divulgação

Você pode gostar