Justiça proíbe comercialização de Santa Galinha Pintadinha e outras 'afrontas'

Artista que recria imagens de santos da Igreja Católica inspirados na cultura pop poderá ser multada em R$ 50 mil

Por lucas.cardoso

Goiás - O juiz Abílio Wolney Aires Neto, da 9ª Vara Cível da Goiânia, estipulou multa no valor de R$ 50 mil para uma artista que recria imagens de santos da Igreja Católica inspirados na cultura pop.

Artista goiana recria imagens de santos da Igreja Católica inspiradas em símbolos da cultura popReprodução Facebook

Ana Paula Dornelas Guimarães de Lima, é dona da página Santa Blasfêmia, onde divulga e vende estátuas de sua autoria, mas agora o serviço foi bloqueado. A decisão do juiz, em caráter de liminar, definiu que as imagens de santos estilizadas não podem mais ser comercializadas.

Ela foi processada pela Arquidiocese de Goiânia. A entidade alegou que Ana Smile, seu nome nas redes sociais, tinha como base para suas obras santos da Igreja Católica. Entre os personagens já confeccioncados por ela estão: Galinha Pintadinha, O Vingador, Batman, Mulher Maravilha, Bruxa Malévola, Frida Kahlo, David Bowie, Minnie e Coringa.

Artista comercializava suas obras na internet e em uma loja física de Brasília (DF)Reprodução Facebook

De acordo com o Estadão, caso haja descumprimento de decisão, a artista poderá pagar multa de R$ 50 mil, ter seus perfis de divulgação do trabalho no Facebook e Instagram excluídos e seus produtos retirados de uma loja física em Brasília (DF).

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia