PF faz operação para apurar desvio na construção de casas populares em GO

Prejuízo aos cofres públicos chegou a R$ 5 milhões. São cumpridos 12 mandados judiciais em Goiânia e Goianira

Por rafael.nascimento

Goiânia - Agentes da Polícia Federal cumprem desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira uma operação na Região Metropolitana de Goiânia, contra  o desvio de recursos públicos e fraudes na licitação para construção de casas populares. A operação foi denominada "Ínsula" e aponta um prejuízo de mais de R$ 5 milhões. São cumpridos seis mandados de condução coercitiva e seis de busca e apreensão.

Segundo a Polícia Federal, a verba era enviada pelo Ministério das Cidades e entregue para a União Estadual por Moradia Popular no Estado de Goiás (Uemp-GO). O objetivo era construir 200 casas populares em Goiânia e Goianira. Durante as investigações, a PF descobriu  que a fraude acontecia com participação de empresas do setor da construção civil. Os investigados vão responder por fraude em licitação, uso de documento falso, falsificação de documento público e falsidade ideológica.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia