Manifestações contra Michel Temer fecha várias ruas em São Paulo

Manifestantes protestam contra o impeachment de Dilma Rousseff. Atos já causam transtornos para os motoristas

Por rafael.nascimento

São Paulo - Manifestantes contrários ao impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff fazem bloqueios em importantes vias da capital paulista, provocando longo congestionamento no início da manhã desta terça-feira. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), as manifestações provocam pelo menos 20 quilômetros de lentidão no trânsito.

Marginal Tietê foi interditada pelos manifestantes Reprodução/Mídia Ninja

Um grupo bloqueia totalmente a Marginal Tietê, na altura da Ponte Casa Verde, Zona Norte, sentido Rodovia Ayrton Senna. O congestionamento estimado é de 4 quilômetros na pista central e 6,8 quilômetros na pista local. Os manifestantes atearam fogo a uma grande quantidade de pneus. O Corpo de Bombeiros combate o incêndio com seis viaturas, que estão no local.

Motoristas já encontram mais de 20 km de congestionamento nas principais vias de São PauloReprodução/Twitter

Outro ponto de bloqueio é na Marginal Pinheiros, altura da Ponte Transamérica, zona sul, sentido Rodovia Castello Branco. A lentidão no local é de 5,6 quilômetros. O terceiro local bloqueado pelos protestos é a Avenida Professor Francisco Morato, cruzamento com a Avenida Vital Brasil, zona oeste, em ambos os sentidos.

Nessa segunda-feira, policiais utilizaram bombas de efeito moral, gás de pimenta e caminhões de água para dispersar os manifestantes que também protestavam contra o impeachment. Os manifestantes, por sua vez, jogaram lixeiras pelas ruas e as incendiaram. Os organizadores estimaram que 2 mil pessoas participaram ontem do ato.

Polícia Militar reprimiu manifestantes%2C que participavam de ato contra Temer%2C na Avenida Paulista%2C nessa segunda Rovena Rosa/Agência Brasil


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia