Professores usam rimas e paródias de música para facilitar memorização

Docentes lançam mão do recurso para facilitar a aprendizado de assuntos mais complexos

Por NADEDJA CALADO

O Descomplica tem elenco de professores que realizam performances para facilitar a vida dos alunos
O Descomplica tem elenco de professores que realizam performances para facilitar a vida dos alunos -

Rio - Quem nunca aprendeu uma fórmula de matemática ou uma regra de português com a ajuda de alguma musiquinha, poesia ou rima? O truque já é antigo, mas ainda é muito usado e pode ser bastante eficaz no aprendizado. Professores especializados em cursos preparatórios para as provas do Enem e de outros vestibulares, que cobram uma ampla grade de conteúdo, lançam mão do recurso para facilitar a memorização dos assuntos mais complexos.

"A gente usa, sim. Não é a forma principal de aprendizado, mas, dependendo do assunto, pode ser uma boa. É válido quando é algum tema mais complicado e que precisa ser decorada", explica o professor Diego Viug, que também é coordenador pedagógico do canal ProEnem, no YouTube.

Opinião semelhante tem Eduardo Valladares, professor do Descomplica. "É útil. Quando a gente ensina uma matéria um dia, acontece de daqui a dois ou três meses o aluno não se lembrar mais. Isso é compreensível, já que são muitos conteúdos e a memória falha. Por isso, a musiquinha pode ajudar muito", garante.

Alguns dos truques são velhos conhecidos de várias gerações de estudantes, outros são paródias feitas com músicas mais atuais e famosas. "A pessoa já sabe o ritmo, então aquilo fica guardado", pontua Diego Viug.

Atualmente, é comum ver professores parodiando músicas pop. Porém, antigamente, alunos já usavam outras versões do mesmo truque, recriando poesias e até marchinhas de Carnaval ou canções com ritmos próprios. "Isso entra naquele tema das regras mnemônicas, que são recursos para ajudar a memorizar um tema. Associando uma coisa com a outra, o conteúdo com uma música ou imagem, fica bem mais fácil lembrar daquilo depois", ensina Eduardo Valladares.

A estratégia é comum principalmente nos cursinhos online, caso do Descomplica e do ProEnem, com aulas gravadas e disponíveis na internet. Dessa forma, o ato de assistir aos vídeos também fica mais dinâmico. "Cada pessoa tem mais facilidade de decorar de um jeito. Tem quem goste de fazer quadros e mapas mentais, outros assimilam melhor com as musiquinhas. E essas brincadeiras combinam muito com o formato do vídeo, mas também se usa na sala de aula normal", destaca Diego Viug.

Segundo os professores, a estratégia também ajuda a motivar os alunos a começar a jornada de estudos. "O estudante vai se sentir mais motivado de sentar para ver uma aula sabendo que aquele conteúdo é mais leve, divertido, ao invés de só um texto bruto", avalia o professor Eduardo Valladares.

Vale, porém, o alerta para que os professores evitem os exageros. Afinal, é uma ferramenta que não deve ser utilizada para tudo. "Se usar na medida certa, os alunos gostam. Até ajuda a descontrair e fazer com que eles simpatizem com o professor. Mas os estudantes querem conteúdo e não vão ver com bons olhos se houver um exagero, pois vão achar que o professor não está dando aula", pondera Diego Viug.

SOLTE A VOZ!

PORTUGUÊS

Para lembrar as preposições, ao ritmo de 'Terezinha de Jesus': A, ante, até, após, com, contra, de, desde, em, entre, para, per, perante, por, sem, sob, sobre, trás..

MATEMÁTICA

Para montar a tabela trigonométrica, ao som de 'Jingle Bells': Um, dois, três; três, dois, um; tudo sobre dois / Só não tem a raiz no três e no dois / Na tangente é diferente, e vejam só vocês: raiz de 3 sobre 3; 1; raiz de três.

HISTÓRIA

Fim da Ditadura Militar, paródia de 'Vira-Vira', dos Mamonas Assassinas: Ernesto Geisel começou a abertura / De forma lenta, gradual e segura / Novos partidos, Figueiredo permitia / Anistia, anistia, anistia! / 'Diretas Já' em 84 sucumbia / A nova república Tancredo inicia.

FÍSICA

Sobre resistores, paródia de 'Xibom Bom Bom': Analisando este circuito complicado, quero me livrar dos resistores associados / Se tá em série eu vou somar os resistores / Em paralelo um em cima vou colocar / E o circuito todo mundo já conhece / Está em série soma, em paralelo um em cima / Tá em série corrente é igual / Paralelo é a ddp (diferencial de potencial).

GEOGRAFIA

Sobre fusos horários, paródia do 'Rap das Armas': Se forem diferentes é pra eu somar / se forem iguais então subtraio / Pra depois eu dividir por 15 e se sobrar multiplicar por 4 / Daí vamos fazer o esquema da direção / Se quero o da direita adianto meu irmão / Agora se o ponto está a minha esquerda / Atraso meu relógio com toda a certeza.

QUÍMICA

Sobre volatilidade, paródia da 'Dança do Créu': Pra evaporar tem que ter boa pressão / Pra evaporar tem que ter volatilidade / Pois a atmosfera, ela não é mole não / É 1 atm mas depende da localidade.

Movimentos terrestres, ao som de 'Caraca, Muleke': A Terra, que isso / Tem a rotação, dia e noite vai rodar / Correntes marítimas, quentes ,geladas / E o fuso horário diferenciar / Translação o ano inteiro / as estações, verão primeiro / no solstício, dia mais longo / no inverno inverte / Equinócio é assim / mesmo tempo dura / ilumina pra mim / primavera pura / outono comigo, igual é o brilho / vão assim iluminar.

<>Sobre ionização, paródia de 'Só Hoje', do Jota Quest: Hoje eu preciso ionizar de qualquer jeito / Nem que seja pra ficar estável na camada de valência / Depois de uma reação normal / Olhar as nuvens de elétrons fáceis / E roubar elétrons e ionizar / Hoje eu preciso eletrizar / Sentir o cátion positivo / Pra esquecer o meu ânion negativo e desestabilizar.

BIOLOGIA

Sobre sistema urinário, no ritmo de 'Parabéns pra você': Se você come um bife / Comeu proteína / Forma amônia e ureia / E sai pela urina / E quem é que transforma a amônia em ureia? / Fígado!

Sobre respiração celular, no ritmo de 'Ciranda, Cirandinha': Mitocôndria, mitocôndria / É quem faz respiração/ Ribossomo sintetiza/ Proteínas de montão / Complexo de Golgi armazena secreção / Lisossomo tem enzima / E faz digestão. / O retículo tem / A função de transportar / O centríolo participa / Da divisão celular.

Galeria de Fotos

O advogado Murilo Aith diz que aposentado deve procurar especialista e ver se é vantajoso entrar com ação ALEXANDRE BRUM
O Descomplica tem elenco de professores que realizam performances para facilitar a vida dos alunos REPRODUÇÃO DE VÍDEO
A maquiadora Claudia Perrotta instalou aplicativo no celular e trocou o número do telefone fixo para não ser mais incomodada Foto: Daniel Castelo Branco

Comentários

Últimas de Brasil