Policial militar agride jovem após discussão durante abordagem

Polícia Civil está investigando o caso como lesão corporal decorrente de oposição à intervenção policial e abuso de autoridade

Por O Dia

Momento da agressão foi registrado por um vídeo feito por um dos jovens do grupo
Momento da agressão foi registrado por um vídeo feito por um dos jovens do grupo -

São Paulo - Um vídeo mostra o momento em que um policial militar agrediu três meninas, de 17 a 21 anos, durante uma abordagem em Ribeirão Preto, São Paulo, na madrugada do dia 27 de julho.

O vídeo, que foi gravado por um amigo das jovens, mostra o momento em que o grupo discute com os PMs. Durante o bate-boca, um policial da um soco no rosto de uma estudante de 21 anos e dois golpes em outra adolescente, que estava ao seu lado. Após a agressão, o PM diz: “Já falei para sair daqui. Vai, rapa o pé daqui”. Em seguida, o grupo se afasta e revela que está gravando a ação.

Segundo os relatos, o grupo estava conversando em frente a uma residência, quando as viaturas da PM chegaram e um dos policiais disse que havia recebido uma denúncia de perturbação de sossego.

Os jovens se afastaram da residência, mas permaneceram na rua. Dez minutos depois, os policiais retornaram questionando a permanência do grupo no local. Neste momento, a estudante, que estaria resfriada, tossiu, escarrou e cuspiu no asfalto durante a abordagem. Foi nesse momento que o PM a agrediu e disse que ela estava agindo com desrespeito.

O grupo teria começado a ir embora, mas retornou para perguntar o nome dos policiais e anotar a placa das viaturas para que um boletim de ocorrência fosse registrado. Nesse mometo aconteceram as agressões registradas no vídeo.

Segundo informações da EPTV, afiliada da Rede Globo, as três jovens passaram por exame de corpo e delito, a pedido da Polícia Civil, que investiga o caso como lesão corporal decorrente de oposição à intervenção policial e abuso de autoridade.

Ainda segundo a emissora, a Polícia Militar informou que instaurou inquérito policial militar para apurar os fatos e já teve acesso ao vídeo como flagrante da agressão. Segundo a nota, após serem chamados ao local, os policiais militares se depararam com várias pessoas consumindo bebidas alcoólicas, veículos com sol alto e algazarra, e foi dada ordem para que o volume fosse reduzido. Durante o diálogo, ocorreu a discussão seguida de agressão.

Últimas de Brasil