Lula segue no programa do PT e TSE tenta organizar

a

Por

Lula no programa da TV -

Apesar de barrado na eleição por ter sido enquadrado na Lei da Ficha Limpa pelo TSE, Lula voltou a aparecer como figura central na propaganda do PT ontem. No rádio, Fernando Haddad foi apresentado como "vice-presidente de Lula". Na TV, o ex-prefeito foi mostrado como "vice-presidente", enquanto Lula apareceu, dentro do tempo legalmente determinado, sem indicação de estar concorrendo a qualquer cargo. Um novo jingle apareceu ontem na campanha, dizendo: "Lula é Haddad é o povo, é o Brasil feliz de novo".

À noite, o programa do PT teve um formato bem simples, com Haddad em destaque absoluto, lendo um texto que se referia à "injustiça" contra Lula e aos retrocessos sociais do governo Temer. Mais cedo, o TSE havia concedido a quarta liminar que obrigava o PT a mudar os programas. A decisão foi do ministro Carlos Horbach, a partir de questionamento apresentado pelo Novo. Na inserção contestada pelo partido, Haddad diz ter "muito orgulho de ser vice-presidente do Lula". Horbach afirmou que é "inegável que a utilização de espaço de propaganda oficial, custeado pelo contribuinte, para divulgação de candidatura que não mais existe tem a potencialidade de confundir o eleitor, criando, artificialmente, estados mentais e emocionais equivocados".

PESQUISAS

Uma pesquisa do Ibope cuja divulgação estava prevista para ontem teve sua publicação adiada. Segundo a revista Crusoé, o motivo é a dúvida do instituto em relação à possibilidade de inclusão do nome de Lula no levantamento.

 

Comentários

Últimas de Brasil