Três são baleados em churrasco com presença de PMs em Goiânia

Duas mulheres e um homem foram feridos na noite de sábado; um homem foi preso em flagrante com auxílio de militares que participavam do evento

Por O Dia

Suspeito foi preso pela Policia Militar e a arma usada no crime, uma pistola calibre 7.65, foi apreendida
Suspeito foi preso pela Policia Militar e a arma usada no crime, uma pistola calibre 7.65, foi apreendida -

Rio - Uma confraternização com alunos Soldados da Polícia Militar e agentes prisionais acabou em confusão. Três pessoas foram feridas por disparos de arma de fogo. O caso aconteceu em um condomínio residencial em Goiânia, capital de Goiás, na noite de sábado, durante um churrasco entre amigos que se conheceram em um curso preparatório para concursos.

As duas mulheres e o homem que foram baleados receberam atendimento médico e foram liberados.

A Assessoria de Comunicação da PM de Goiás informou que o autor dos disparos foi o civil João Henrique Barbosa de Oliveira, 27 anos. Ele foi localizado em Aparecida de Goiânia, onde foi preso, com auxílio dos militares que também estavam presentes no evento.

A arma usada no crime, uma pistola calibre 7.65, foi apreendida na ação. 

"João Henrique foi conduzido à Central de Flagrantes, juntamente com as vítimas e um Aluno Soldado da PMGO como testemunha, que auxiliou na identificação e localização do mesmo, onde foi lavrado o devido auto de prisão em flagrante", diz a nota da Polícia Militar de Goiás.

A motivação dos disparos ainda não foi divulgada. 

 

Últimas de Brasil