Temer cria força-tarefa para atuar no combate ao crime organizado

Decreto será publicado na edição desta terça-feira do Diário Oficial da União

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Temer assinou decreto que cria força-tarefa para atuar no combate ao crime organizada
Temer assinou decreto que cria força-tarefa para atuar no combate ao crime organizada -

Brasília - O presidente Michel Temer assinou, nesta segunda-feira, o decreto que cria uma força-tarefa – formada por militares e civis – para atuar no combate ao crime organizado. Segundo o texto, o grupo vai "analisar e compartilhar dados e de produzir relatórios de inteligência" para auxiliar a elaboração de políticas públicas para o enfrentamento de organizações criminosas. O decreto será publicado na edição desta terça-feira do Diário Oficial da União.

Os representantes dos órgãos na força-tarefa, que será coordenada pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI), deverão ser indicados em um prazo de até dez dias a partir da publicação do decreto. Estão previstas indicações da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Receita Federal, Marinha, Aeronáutica e do Exército. Os escolhidos terão reuniões semanais e não serão remunerados pelo trabalho extra.

 

Últimas de Brasil