Por

O candidato derrotado no segundo turno, Fernando Haddad (PT), falou em coragem e trabalho de base junto à militância em seu discurso após a divulgação do resultado da eleição presidencial, na noite de ontem. "Nós temos que fazer uma profissão de fé de que vamos conversar com as pessoas, nos reconectando com as bases e com os pobres desse país para retecer um programa de nação que há de sensibilizar mentes e corações", disse, ao lado da mulher, Ana Estela, e de Manuela d'Ávila, sua candidata a vice. "Não tenham medo, nós estaremos aqui".

Haddad reconheceu a derrota e estimulou a composição de uma oposição que defenda 'os interesses do povo'. "Verás que um professor não foge à luta", disse o presidenciável, muito aplaudido pelos partidários, em um hotel em São Paulo.

"Nosso compromisso é de vida com esse país. Nós vamos colocar esse país acima de tudo e defender os nossos pontos de vista respeitando a democracia e as instituições", declarou. "Uma parte expressiva da população brasileira que diverge da maioria precisa ser respeitada", disse.

Você pode gostar
Comentários