Vídeo! Padre permanece na Catedral e pede orações por autor de atentado, vítimas e familiares

Padre Amaury Thomazi segue com sobreviventes no interior da Catedral de Campinas, aguardando a perícia de um ataque a tiros que matou cinco pessoas e feriu quatro nesta terça-feira; polícia divulga imagens internas da igreja durante o ataque

Por O Dia

Padre Amaury Thomazi, que rezou missa que antecedeu atentado na Catedral de Campinas, divulgou vídeo de dentro do templo, onde permanece com sobreviventes e corpos das vítimas e do autor dos disparos
Padre Amaury Thomazi, que rezou missa que antecedeu atentado na Catedral de Campinas, divulgou vídeo de dentro do templo, onde permanece com sobreviventes e corpos das vítimas e do autor dos disparos -

Campinas - O padre Amaury Thomazi que rezou a missa de 12h15 da Catedral de Campinas nesta terça-feira divulgou um vídeo de dentro da igreja, onde permaneceu aguardando a liberação da perícia. No vídeo, ele diz estar bem, assim como os outros fiéis sobreviventes, apesar de abalados com o atentado que vitimou nove pessoas, cinco delas morreram. O corpo do atirador, que se suicidou próximo ao altar, e das quatro vítimas fatais também permaneciam no templo. Todos os corpos foram encaminhados ao IML de Campinas. A polícia divulgou imagens internas da igreja durante o ataque (veja abaixo).

O padre disse que nenhum dos sobreviventes poderiam deixar o templo. Thomazi pede orações para as vítimas e para o autor dos disparos, que segundo ele, efetuou cerca de vinte tiros. "Ninguém pode fazer nada, ajudar de forma nenhuma. Mas eu peço a orações de todos, estamos todos bem”, disse o padre.

"Eu rezei a missa de 12h15, no final, um homem entrou atirando. Ainda não temos informações de como vai ser a programação da Catedral hoje e amanhã. A vocês, amigos, peço que rezem por ele e pelos feridos e vítimas fatais. Peçamos à Nossa Senhora Imaculada que interceda por essa Catedral, por essas pessoas e essas famílias", diz emocionado no vídeo. 

Confira:

Feridos

Quatro pessoas que foram baleadas foram socorridas. Destas, apenas um homem de 84 anos está em estado grave. Heleno Severo Alves, de 84, foi atingido por dois disparos nas regiões do tórax e abdômen e passou por cirurgia no Hospital Municipal Mário Gatti. Agora ele está na Unidade de Terapia Intensiva.

Jandira Prado Monteiro, de 65 anos, também foi socorrida ao Hospital Municipal Mário Gatti. Ela teve lesões na mão direita e no tórax e fraturou a clavícula. Jandira está estável em observação.

Maria de Fátima Frazão Ferreira, de 68 anos, foi levada ao Hospital de Clínicas da Unicamp baleada em uma das pernas. O quadro dela é estável, segundo a unidade.

O quarto ferido é um homem, de 64 anos, que foi atingido por dois tiros de raspão e foi socorrido ao Hospital Beneficência Portuguesa. A assessoria informou à EPTV que ele já recebeu alta.

Policiais Militares intervieram e dispararam

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo disse que lamenta o ocorrido e informa que o 1º Distrito Policial de Campinas investiga, com apoio do Setor de Homicídios da cidade, as mortes. "Um homem disparou aleatoriamente nas pessoas que estavam no local, até que policiais militares intervieram e dispararam contra o autor, que em seguida se matou", diz a nota.

Imagens das câmeras de segurança da igreja, as armas usadas na ação, o celular e computador do suspeito foram apreendidos e serão analisados, acrescenta a Secretaria de Segurança.

 

 

Últimas de Brasil