Netanyahu diz que missão israelense partirá para Brumadinho em 24 horas

Governo de Israel já tem preparado um avião para trazer suprimentos e equipamentos para ajudar as vítimas da tragédia em Minas Gerais

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e o presidente Jair Bolsonaro
Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e o presidente Jair Bolsonaro -

São Paulo - O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu usou sua conta no Twitter para comentar as conversas que teve com o presidente Jair Bolsonaro, para oferecer auxílio ao Brasil diante da tragédia ocorrida na sexta-feira, em Brumadinho (MG). O premiê israelense confirmou que ofereceu ajuda ao País para reforçar os trabalhos de resgate e buscas na região, atingida pela ruptura de uma barragem da Vale.

"Ofereci que Israel enviará ajuda para o local do desastre e prestará assistência na busca por sobreviventes. Ele (Bolsonaro) me agradeceu e aceitou a oferta. Concordamos que uma missão israelense partirá dentro de 24 horas", escreveu Netanyahu.

O governo de Israel já tem preparado um avião para trazer suprimentos e equipamentos, informa a Globo News. Segundo a reportagem, a aeronave vai contar com equipe médica, detectores de ecos e sonares, usados em situações de desabamentos e rupturas grandes.

Além disso, a reportagem informou que Israel vai enviar também engenheiros, que vão avaliar outras barragens e identificar se novas rupturas na região podem vir a acontecer.

Segundo o governo de Israel, uma outra reunião deve ser feita com o governo brasileiro para acertar os detalhes do processo, inclusive a data que esse avião deve chegar em território brasileiro.

Comentários