MTST 'paga' compras na loja da Havan com cheque no valor da dívida de Luciano Hang

Em protesto, integrantes do movimento entraram em loja da Havan e 'pagaram' suas compras um cheque simbólico de R$ 168 milhões, valor da dívida de Luciano Hang à Receita Federal e INSS, segundo cálculo do MPF feito em 2004

Por O Dia

Luciano Hang defende a reforma da Previdência
Luciano Hang defende a reforma da Previdência -
São Paulo - O Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) organizou um protesto em uma loja da Havan no Itaquá Garden Shopping, em Itaquaquecetuba, na Grande SP, nesta quinta-feira. Dezenas de integrantes do movimento entraram na loja para fazer compras e, na hora de pagar, apresentaram um cheque simbólico de R$168 milhões, valor da dívida de Luciano Hang – dono da empresa – à Receita Federal e ao INSS, segundo cálculo do MPF feito em 2004.
Segundo Guilherme Boulos, coordenador do movimento, o protesto tinha como objetivo "expor a hipocrisia de caloteiros que defendem a Reforma da Previdência". Luciano Hang foi um dos principais apoiadores de Jair Bolsonaro durante a campanha de 2018, e é defensor de uma reforma da Previdência ainda mais dura do que a defendida pelo atual governo. 
O valor de R$ 168 milhões é referente a um cálculo feito pelo Ministério Público Federal em 2004. Segundo a estimativa do MPF, o empresário levaria 115 anos para quitar sua dívida com a Receita Federal e o INSS.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários