Homem mata mulher por causa de R$ 50 e concreta corpo

Os dois teriam usado drogas juntos e vítima teria roubado o dinheiro do assassino

Por O Dia

Pedreiro confessou crime à polícia
Pedreiro confessou crime à polícia -
Minas Gerais - Um homem foi preso, nesta sexta-feira, pela morte de uma mulher e por concretar o corpo dela em Minas Gerais. O crime teria acontecido numa obra em Vila Velha, no Espírito Santo, e o motivo do homicídio seria o roubo de R$ 50 do acusado.
O preso é um pedreiro que gerou desconfianças após sumir da obra onde trabalhava. De acordo com o site Gazeta Online, o homem confessou que usou drogas com a mulher na noite do crime e aplicou um golpe mata-leão na vítima ao notar o sumiço de R$ 50.
Por achar que ela estava morta, ele teria tentado sumir com o corpo, mas o deixou cair no chão, quando ela teria morrido, de acordo com a Polícia Civil, por traumatismo craniano. Para sumir com os vestígios do crime, o pedreiro jogou o corpo na obra onde os dois estavam e jogou concreto em cima.
Até o momento, a mulher não foi identificada, já que estava sem documentos e era conhecida apenas por apelidos na região. Nenhum familiar foi até o IML fazer o reconhecimento do corpo.

Comentários